Notícia

Idosos em quarentena: como orientar sobre o isolamento social

A cena de grupos de idosos reunidos em locais públicos se tornou comum mesmo com a orientação para que o grupo de risco fique exposto

Idosos
Idosos
Foto: Pixabay

Nesta edição do "CBN e a Família", a comentarista Adriana Muller convida os ouvintes a refletirem sobre a condição de bem-estar mental relacionados aos idosos diante do período de quarentena imposto com o avanço nos casos de coronavírus. O que se tem observado é que, sendo o grupo mais vulnerável à Covid-19, idosos resistem à quarentena e têm se aglomerado em praças, supermercados e localidades ao ar livre. Diante desse cenário, Adriana orienta sobre como filhos e netos podem falar do isolamento junto aos mais velhos e também contribuírem, mesmo que a distância, da sua saúde mental.

"Não é uma punição, é proteção", frisa a comentarista. 

"Temos que explicar o momento pelo qual passamos, vamos escutar seus anseios e não podemos agir com os idosos como se fossem crianças pequenas. O momento deve ser parceria entre todos os familiares e por isso não deve haver mentira. A confiança é fundamental para essa nova rotina", explica.

Ouça o quadro completo:

Ver comentários