Notícia

Pandemia: já é possível ir visitar os amigos? Especialista analisa!

Acompanhe a análise da comentarista Ethel Maciel

Nesta edição do "CBN Especial Coronavírus", a comentarista Ethel Maciel, professora da Ufes e Pós-doutora em Epidemiologia, discute um assunto que tem mobilizado a atenção de todos aqueles que já não aguentam mais ficar em isolamento sem ver os amigos e familiares que moram distantes, por exemplo. Afinal, já é hora de realizarmos essas visitas? Quais são os riscos? Ethel analisa.

"Agora, com os municípios capixabas em risco baixo e moderado, e nenhum em risco alto, muitas pessoas estão perguntando e querendo saber se podem, e como podem, ter relacionamentos sociais mais seguros. A primeira coisa importante a gente dizer que, numa situação de pandemia, não existe risco zero! A gente tem sempre que pesar riscos e benefícios. Se você tem alguns amigos que estão fazendo a mesma prevenção, e seguindo as rotinas de prevenção, você poderia encontrá-los, se for um grupo pequeno - de três a cinco pessoas. Preferencialmente, em lugar com fluxo de ar. Usar máscaras e só retirar quando for comer ou beber algo. Manter o distanciamento é fundamental", explica.

E em caso de avós que você não vê há muito tempo, por exemplo? "Você pode até vê-los, mas mantendo o distanciamento físico. Evitar abraços e não ficar tão próximos. Se você mora sozinho, não tem fatores de risco e não mora com pessoas que apresentem fatores de risco, é mais tranquilo", orienta. Acompanhe as explicações de Ethel!

 

 

Ver comentários