Notícia

Poluição em Vitória reduz eficiência das placas para gerar energia fotovoltaica

Avaliar a influência da poluição atmosférica sobre o desempenho dos geradores fotovoltaicos em Vitória. Esse é o objetivo do projeto de pesquisa realizado pela Faesa, que instalou oito módulos fotovoltaicos no pátio da Instituição e os resultados indicaram que a poluição do ar reduz a produção de energia elétrica pelos painéis fotovoltaicos.

Em entrevista ao "CBN Universidade", o coordenador do projeto, o professor do curso de Engenharia da Faesa, Warley Teixeira Guimarães, explicou que o resultado mostra que os painéis tiveram uma perda de 10% no desempenho em 60 dias. 

“Pretende-se criar soluções para reduzir as perdas causadas pela poluição e promover a utilização da energia solar fotovoltaica por toda a sociedade, tanto nas residências quanto em estabelecimentos comerciais e industriais”.

O professor ainda explica que a maresia da região litorânea com a poeira, conhecida como pó preto, acaba tornando a limpeza das placas ainda mais difícil. Ouça os detalhes:

Ver comentários