Notícia

Atenção com os pets: saiba as orientações sobre casos de intoxicação

Ouça o Clube Pet CBN desta quarta-feira (23)

Gato
Gato
Foto: Pixabay

Nesta edição do Clube Pet CBN, Tatiana Sacchi, a pedido do ouvinte Valnei, faz a introdução de importantes orientações sobre como você deve proceder no caso de envenenamento do seu animal de estimação. O questionamento do ouvinte é o seguinte: "Saí para passear com meu pinscher, que comeu algo e no outro dia de manhã estava morto. Provavelmente era veneno. Se eu tivesse visto na hora, havia algo que eu poderia fazer ou tinha que levá-lo direto no veterinário?". Pedido do ouvinte é ordem e a comentarista aponta o que fazer neste tipo de ocorrência. Acompanhe as explicações iniciais!

Análise:

"Os animais tendem a ser naturalmente curiosos e exploram as mais diversas situações tanto dentro quanto fora de casa, sendo uma tarefa e tanto protege-los dos inúmeros perigos domésticos aos quais eles podem estar expostos.

Ter uma casa à prova de acidentes é uma missão praticamente impossível, pois muitas situações podem passar despercebidas no dia a dia, como uma cartela de medicamento ao alcance, um frasco de produto de limpeza aberto, uma plantinha para mastigar. Já na rua, quando o cão anda solto e com pouca supervisão, está sujeito a encontrar alimentos estragados ou envenenados, animais mortos e fezes de outros animais, por exemplo.

Alguns acidentes podem até passar despercebidos, mas outros podem ser graves ou fatais. Como os animais na maioria das vezes não tem o discernimento para avaliar situações de risco em potencial, cabe aos tutores se empenharem em diminuir esse risco e mantê-los em segurança".

As intoxicações e envenenamentos estão entre os acidentes domésticos mais comuns, então vamos citar algumas situações que requerem atenção:

 - Alimentos

São diversos os alimentos que podem causar gastroenterites ou intoxicação como alimentos estragados do lixo, chocolate, café, uvas, batata e tomate verdes, alimentos muito doces, muito salgados ou muito gordurosos. É preciso atenção com alimentos deixados em locais acessíveis e com o acondicionamento do lixo.

Ver comentários