Notícia

Cuidados veterinários vão além do atendimento a cães e gatos

Para quem mora nas grandes cidades, geralmente a primeira imagem que se tem da figura do veterinário é do profissional que cuida da saúde dos nossos animais de estimação

Cão e gato: veterinários fazem acompanhamento
Cão e gato: veterinários fazem acompanhamento
Foto: Reprodução/ Instagram

O próximo dia 9, segunda-feira, marca o Dia do Médico Veterinário. Neste quadro "Clube Pet CBN", a comentarista Tatiana Sacchi explica, de forma prática, qual é a importância desse profissional para a saúde do seu pet. "Engana-se quem pensa que os veterinários realizam o trabalho apenas voltado aos pets de estimação ou de companhia", analisa. Ela destaca o trabalho realizado pelos veterinários em atividades como garantir o controle e prevenção de zoonoses e campanhas de vacinação contra a raiva. Confira:

 

 

SAIBA MAIS:

 

 

Dia 09 de Setembro é a data em que se comemora o Dia do médico veterinário, e é preciso parabenizar todos os colegas de profissão e falar um pouco mais sobre as inúmeras áreas de atuação desse profissional que é responsável não apenas pela saúde dos animais como também pela saúde da população e do meio ambiente, através da Saúde Única.

Para quem mora nas grandes cidades, geralmente a primeira imagem que se tem da figura do veterinário é do profissional que cuida da saúde dos nossos animais de estimação, das mais diversas formas, seja na vacinação, na clínica geral, na cirurgia e anestesia, nos exames diagnósticos e nas diferentes especialidades que se diversificam a cada dia – acupuntura, fisioterapia, cardiologia, oftalmologia, dermatologia, endocrinologia, ortopedia e tantas outras.

Mas, ao longo de 50 anos de profissão regulamentada, os Médicos Veterinários vêm mostrando a importância de seu trabalho para o desenvolvimento econômico e social do Brasil, por meio dos serviços prestados à sociedade no cuidado com a saúde e o bem-estar dos animais, na preservação da saúde pública, na produção de alimentos saudáveis e em atividades voltadas para garantir a sustentabilidade ambiental do planeta. São mais de 80 áreas de atuação.

O trabalho dos Médicos Veterinários vai muito além das clínicas e dos consultórios veterinários, destinados aos animais de companhia: eles atuam em atividades ligadas à produção dos alimentos de origem animal que chegam à mesa do consumidor; têm papel fundamental na agropecuária brasileira; podem trabalhar como consultores, responsáveis técnicos, docentes e peritos criminais, judiciais e administrativos; exercem atividades em laboratórios para análise de solo, para análise da água e domissanitários – ou seja, saneantes destinados ao uso domiciliar; realizam pesquisas em alimentos; participam da produção de vacinas e de medicamentos de uso animal, entre outros.

No caso da saúde pública, por exemplo, a categoria foi integrada, em 2011, às equipes multiprofissionais do Núcleo de Apoio à Saúde da Família, conhecido como NASF. Isso significa que, desde então, os Médicos Veterinários têm a chancela do Governo Federal para atuar ao lado de outros profissionais que trabalham pela qualidade da atenção básica à saúde nos municípios brasileiros. Treze anos antes, em 1998, a Medicina Veterinária já havia sido reconhecida pelo Conselho Nacional de Saúde (CNS) como profissão da área de saúde.

É o Médico Veterinário, por exemplo, quem realiza visitas domiciliares para o diagnóstico de risco à saúde na interação entre os seres humanos, os animais e o meio ambiente. É também ele quem trabalha na prevenção, no controle e no diagnóstico situacional de doenças transmissíveis ao homem pelos animais, as zoonoses; é o caso da raiva, leptospirose, brucelose, tuberculose, dengue, febre amarela, dentre outras.

E mesmo na clínica de animais de companhia, quando um veterinário atende um animal de estimação e mantém a saúde dele em dia seja através da vacinação, vermífugos, antiparasitários, seja através da orientação e/ou tratamento das diversas zoonoses que existem como dermatofitose, esporotricose, leishmaniose, raiva, giardíase, entre tantas outras, ele não está cuidando somente da saúde do animal, mas também da saúde de toda a família.

Sendo assim, o médico veterinário é um profissional indispensável para a manutenção da saúde, qualidade de vida e bem-estar dos animais e do homem, promovendo a melhoria da convivência entre as diferentes espécies.

Fonte: CRMV

Ver comentários