Notícia

Abandono digital: os perigos da superexposição dos filhos à internet

Quando crianças e adolescentes ficam superexpostos às telas e ao mundo digital e, portanto, mais vulneráveis à situações perigosas como cibercrimes e pedófilos

Nesta edição do Questões de Família, José Eduardo Coelho Dias chama a atenção dos ouvintes para o abandono digital. Isto é, quando crianças e adolescentes ficam superexpostos às telas e ao mundo digital e, portanto, mais vulneráveis à situações perigosas como cibercrimes e pedófilos. O comentarista explica que, em muitos lares brasileiros, os pais não acompanham com quem e com o quê seus filhos interagem na internet. O assunto voltou a ganhar destaque, em especial, em virtude do isolamento social durante a pandemia do novo coronavírus e o tempo mais assíduo que esse público parte a ter na Internet. “Por falta de cuidado e também por não haver discussões de educação digital, os pais acabam negligenciando a segurança dos filhos no ciberespaço", ressaltou. Acompanhe a análise completa!

 

 

Ver comentários