Notícia

Duelo das Moquecas: chef capixaba e baiana concluem que pratos são diferentes, mas igualmente saborosos

A discussão trata também de como a gastronomia local pode mudar o ambiente turístico do Espírito Santo

Moqueca de pescada é sugestão do "Caranguejo do Assis"
Moqueca de pescada é sugestão do "Caranguejo do Assis"
Foto: Divulgação

Depois do sucesso do “Duelo das Moquecas" entre o governo do Espírito Santo e a Prefeitura de Salvador na internet, as duas partes vão se encontrar. O convite foi feito pelos capixabas, e os baianos aceitaram. A ideia da reunião é enaltecer as características do prato típico das duas regiões.

Segundo a Secretaria de Estado de Turismo (Setur-ES), o objetivo da ação é valorizar a cultura e o turismo dos dois Estados, e não competir. A data da reunião ainda não foi definida, mas a degustação deve ser feita na Grande Vitória e cada moqueca será preparada por um chef de cozinha de origem.

Como os dois governos ainda estão conversando, não está confirmado quem de Salvador virá para Vitória. O chef Juarez Campos adiantou que, a pedido da Setur, está em contato com uma famosa chef da cidade baiana. A convite do programa CBN Cotidiano, Juarez a chef baiana Tereza Paim confirmam que vão se reunir para mostrar as qualidades dos dois pratos típicos.

Os dois profissionais destacam os sabores, tanto capixabas quanto baianos, e concluem: os pratos são diferentes e muitos saborosos. Ouça a discussão, que trata também de como a gastronomia local pode mudar o ambiente turístico capixaba:

Ver comentários