Notícia

Tragédia de Mariana completa 2 anos e os efeitos ambientais ainda são sentidos

Nesta edição do CBN Vitória, o oceanógrafo Adalto Bianchini, professor da Universidade Federal do Rio Grande (Furg) e membro das expedições do ICMBIO, traz detalhes sobre os resultados mais recentes que envolvem a expedição

Dois anos após a maior tragédia ambiental do país, o rompimento de barragem de Fundão, em Mariana, causou mortes em Minas Gerais e também reflexos ambientais que ainda, hoje, são sentidos pelo meio ambiente e, sobretudo, pelas populações à margem do Rio Doce. Nesta edição do CBN Vitória, o oceanógrafo Adalto Bianchini, professor da Universidade Federal do Rio Grande (Furg) e membro das expedições do ICMBIO, traz detalhes sobre os resultados mais recentes que envolvem a expedição. Confira!

Ver comentários