Notícia

Tamanho do prato influencia hábitos alimentares

O famoso comer com os olhos pode contribuir para o aumento da obesidade

Uma pesquisa realizada em restaurantes populares de Brasil, China, Finlândia, Gana e Índia, publicado numa revista científica da Inglaterra, concluiu que o tamanho das porções de comida servidas em restaurantes populares (comida a quilo, pratos feitos, marmitex e o prato executivo) pode contribuir para o aumento da obesidade. Isso porque o tamanho do prato que utilizamos durante as refeições influencia diretamente nos hábitos alimentares, e podem ajudar a perder ou ganhar peso. Beatriz Gaudio, nutricionista, explica que uma estratégia comum entre restaurantes e hotéis, por exemplo, é terem pratos grandes para instigar as pessoas a consumirem mais alimentos, mas nem sempre mais saudáveis.

Segundo ela, essa estratégia da alimentação também voltada à neurociência e o poder que os alimentos têm na mente humana. Ela explica que muitas muitas pessoas agem por impulso, “comem com os olhos” e acabam colocando mais alimento que o necessário. O famoso “PF” (prato feito) tem cerca de metade da necessidade calórica diária de um homem adulto e 60% de uma mulher adulta, apontou a pesquisa.

A principal dica, segundo ela, é agir com consciência e ver quais alimentos são realmente necessários. Ter consciência no ato da alimentação, buscar pratos menores e variar a alimentação são itens defendidos pela especialista. Confira!

Ver comentários