Notícia

Como tornar a sua casa um ambiente mais seguro e evitar acidentes

Conheça mais sobre o projeto "Mãe Prevenida Vale Uma Vida", em uma entrevista com o tenente-coronel Carlos Wagner Borges, do Corpo de Bombeiros do Espírito Santo

Engasgo, asfixia, quedas, afogamentos e queimaduras são alguns dos acidentes domésticos mais comuns envolvendo crianças. Por isso, a melhor maneira de garantir a prevenção é ficando atento aos riscos que estão dentro das nossas próprias residências com tomadas, panelas aquecidas e fios descobertos, por exemplo. Pensando nisso, o Corpo de Bombeiros do Estado vem multiplicando através de palestras o curso “Mãe Prevenida Vale Uma Vida”, cujo objetivo é orientar pais, mães e responsáveis sobre como prevenir acidentes e, assim, salvar vidas durante momentos de crises.

O tenente-coronel Carlos Wagner Borges, do Corpo de Bombeiros do Espírito Santo, responsável pelo projeto, destaca que acidentes podem acontecer muito em virtude da curiosidade das crianças e num piscar de olhos, mesmo tendo muito gente em casa para olhar pela galerinha. Por isso, destaca Borges que a cultura de prevenção e o aprendizado podem salvar muitas vidas.

ALGUMAS DAS ORIENTAÇÕES DO CORPO DE BOMBEIROS:

- Cuidado com as panelas de pressão e todas que estiverem muito aquecidas. Quando no fogão os cabos devem estar voltados para o lado interno;

- Cuidado com o gás de cozinha e não deixe panelas ao fogo ao sair de casa. Sempre que necessitar sair, desligue o registro de gás;

- As brincadeiras com banheiras, eletrodomésticos, piscinas, rios ou construções devem ser evitadas, pois o senso de curiosidade é muito alto;

- Os sacos plásticos podem provocar asfixia, umas das principais causas de morte infantil, e devem ser guardados fora do alcance de crianças;

- Materiais como remédios, produtos de limpeza, produtos inflamáveis entre outros, necessitam de locais específicos e separados para armazenagem.

 

Ver comentários