Notícia

Entenda o impacto na venda liberada de produtos à base de cannabis

Ouça o debate sobre o tema no quadro "Ponto de Vista

Substância canabidiol gera polêmica no Brasil por derivar da maconha
Substância canabidiol gera polêmica no Brasil por derivar da maconha
Foto: Divulgação

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou nesta terça-feira a liberação da venda em farmácias de produtos à base de cannabis para uso medicinal no Brasil. A regulamentação foi aprovada por unanimidade mas é temporária, com validade de três anos. Na mesma reunião da diretoria colegiada do órgão foi rejeitado o cultivo de maconha para fins medicinais no Brasil. Por 3 votos a 1, proposta foi arquivada pela agência reguladora. Com a decisão, fabricantes que desejarem entrar no mercado precisarão importar o extrato da planta - o canabidiol.

O "Ponto de Vista" debate o tema sobre o avanço que isso representa para uso em tratamento de epilepsia e também autismo, além de analisar como o tema ainda é visto com tabu. Participam da conversa Wilson da Silva Lessa Junior, Psiquiatra, Diretor Científico da Sociedade Brasileira de Estudos da Cannabis e professor do curso de medicina da Universidade Federal de Roraima e Valdir Campos, Psiquiatra e membro da Associação Psiquiátrica do Espírito Santo. Ouça:

Ver comentários