Notícia

Procon estadual aponta ações sobre lote contaminado de cerveja

Consumidor pode levar o produto ao supermercado onde fez a compra e optar pela troca ou ressarcimento

O Ministério da Agricultura confirmou nesta quinta (16) que encontrou um lote contaminado por dietilenoglicol da cerveja Capixaba, da cervejaria Backer, no Espírito Santo. O lote de número 1348 foi identificado pelo Ministério da Agricultura após análise de notas fiscais de um supermercado da Grande Vitória. O Instituto Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-ES) se movimenta agora para traçar estratégias em relação ao recolhimento de cervejas artesanais contaminadas do comércio no Espírito Santo.

Para definir as ações sobre o lote contaminado da cerveja artesanal, o Procon Estadual sediou uma reunião que contou com a presença de representantes da fiscalização do Procon Estadual, da Delegacia Especializada de Defesa do Consumidor (Decon), da Vigilância Sanitária da Secretaria da Saúde (Sesa), Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e dos Procons dos municípios da Serra, Cariacica, Vitória, Guarapari, Vila Velha e Nova Venécia. Quem detalha quais serão os próximos passos é o diretor-presidente do Procon-ES, Rogério Athayde.

 

 

Ver comentários