Notícia

Federações no ES querem abertura de crédito e postergação de impostos

Ouça entrevista com Presidente da Findes, Leo de Castro e do ES em Ação, Fabio Brasileiro

O Fórum de Entidades e Federações do Espírito Santo (FEF) - composto pelas federações da Agricultura e Pecuária (Faes), do Comércio de Bens e Serviços (Fecomércio), dos Transportes (Fetransportes) e das Indústrias (Findes), além do ES em Ação, lançou nesta segunda-feira (23) um manifesto em defesa da saúde da população, da sobrevivência das empresas e da manutenção dos empregos no Estado.

Em entrevista à rádio CBN Vitória, o presidente do ES em Ação, Fábio Brasileiro, destacou que "este manifesto é o início de uma série de ações que estamos defendendo para manter a economia rodando. A prioridade, claro, é a saúde", explicou.

No documento, as entidades que empregam mais de 730 mil profissionais, demonstram preocupação com o momento de instabilidade econômica e solicitam que o governo do Estado seja rápido do anúncio de medidas de crédito e postergação de licenças e tributos, como explica o presidente da Findes, Leo de Castro.

 

Ver comentários