Notícia

Epidemiologista alerta para a proximidade de um colapso na saúde

Ouça entrevista com a Pós-Doutora em Epidemiologia e professora da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), Ethel Maciel

O avanço dos casos de coronavírus no Espírito Santo preocupa especialistas e a previsão para o desenrolar da pandemia não é positiva. O retrato mais atualizado sobre a situação do Estado aponta que a Taxa de contágio do coronavírus (chamado de "Rt") não está atingindo um patamar adequado - abaixo de 1 - para que se continue tendo um controle do espalhamento do vírus pela população.

Em entrevista à CBN Vitória, a Pós-Doutora em Epidemiologia e professora da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), Ethel Maciel, alerta que estamos à beira de um colapso. Ela explica que com uma taxa Rt de 0,8, 10 pessoas infectadas transmitem para 8 pessoas saudáveis, diminuindo o alcance do vírus. Na taxa atual (1,84) estamos quase dobrando o contágio, pois 10 pessoas infectadas infectariam aproximadamente outras 18 que infectariam 32, em uma função exponencial.

"Nesse ritmo, estamos no rumo do colapso do sistema de saúde, que significa a falta de leitos para novos casos e um aumento inevitável do número de óbitos", enfatiza. Ethel também destaca que já há falta de insumos e de profissionais de saúde em todo o país. A epidemiologista ainda explica que negros e fumantes têm mais chances de morrer no Espírito Santo de Covid-19. Ouça a entrevista!

 

 

Ver comentários