Notícia

Ocupação de UTIs em 90% fará com que governo adote medidas drásticas

O alerta é do secretário de Estado de Governo, Tyago Hoffman

Em entrevista à rádio CBN Vitória, o secretário de Estado de Governo, Tyago Hoffman, explicou que, caso a ocupação de leitos de UTIs para coronavírus chegue a 90%, o governo passará a adotar medidas mais drásticas. Na Grande Vitória, até o momento, a média é de 88,58%. Em caso de medidas extremas, o comércio volta a ser fechado e a circulação de pessoas passa a ocorrer apenas para aqueles que atuam em atividades essenciais.

Hoffman informou que o Espírito Santo adquiriu 160 novos respiradores, sendo que 60 deles já estariam disponíveis a partir desta segunda-feira (25) para hospitais que atuam no tratamento da Covid-19, entre eles o DR. Jaime Santos Neves, na Serra. No entanto, destacou o secretário, o Espírito Santo chegará a 700 leitos de UTI somente para coronavírus, mas as medidas não serão suficientes se não houver adesão da população ao isolamento social. "A nossa sensação é de enxugar gelo", desabafou. 

Ver comentários