Notícia

Pesquisa brasileira busca vacina alternativa contra coronavírus

Luciana Cezar Cerqueira Leite, do Laboratório de Desenvolvimento de Vacinas do Instituto Butantan, detalhou o seu desenvolvimento em entrevista ao CBN Cotidiano

Coronavírus - Reprodução
Coronavírus - Reprodução
Foto: Reprodução

Enquanto ainda não há uma vacina contra o coronavírus, pesquisadores do Instituto Butantan estão utilizando técnicas inovadoras de biotecnologia para desenvolver uma vacina alternativa contra a Covid-19. O instituto espera que a nova abordagem sirva como uma espécie de plano B, caso as vacinas feitas pelo modelo tradicional, já em teste em alguns países, não tenham resultado satisfatório. Quem detalha as últimas pesquisas sobre a vacina é a pesquisadora Luciana Cezar Cerqueira Leite, do Laboratório de Desenvolvimento de Vacinas do Instituto Butantan.

A vacina é inspirada em um mecanismo observado em certas bactérias para ludibriar o sistema imunológico. Elas liberam vesículas que atraem a ação de anticorpos e outras células relacionadas a defesa do organismo. Essas membranas servem como iscas para ocupar o sistema imune enquanto a bactéria fica livre para se multiplicar. "Há pesquisas com vacinas avançadas e vamos aguardar os resultados disso para a população. Caso esses resultados sejam abaixo do esperado, teremos vacina com essa técnica como um plano B", disse. Questionada sobre essas vacinas mais avançadas, a diretora citou a desenvolvida em Oxford e explicou que essa técnica de produção tem possibilidade de ser reproduzida no Butantan. Ouça:

 

 

Ver comentários