Notícia

Federação do ES alerta para capacitação em voo duplo de parapente

Confira as orientações de Marx Loureiro, presidente da Federação Capixaba de Voo Livre (FCVL), em entrevista ao CBN Cotidiano

Rampa do Urubu, em Viana, onde aconteceu acidente que matou um empresário neste domingo
Rampa do Urubu, em Viana, onde aconteceu acidente que matou um empresário neste domingo
Foto: Divulgação/Caminha Gente

Neste final de semana um assunto de destaque no noticiário capixaba foi o acidente envolvendo o empresário Luiz Bessa, de 34 anos, que fazia um voo duplo quando caiu do parapente na região da Rampa do Urubu, em Viana. Ele não resistiu aos ferimentos da queda e morreu. O acidente aconteceu na manhã do domingo (12). O assunto trouxe a discussão o riscos da prática desse tipo de atividade e é sobre esse assunto que a gente conversa, agora, com Marx Loureiro, presidente da Federação Capixaba de Voo Livre (FCVL). O presidente afirma que estão sendo coletadas mais informações técnicas sobre o acidente do final de semana, mas sinaliza que os acidentes podem ocorrer por diversas variáveis.

O presidente também trouxe orientações para se minimizar o risco de acidentes. "É um esporte fascinante, mas perigoso", explica. Entre as orientações para os interessados na prática estão procurar o site da Federação para se informar sobre escolas de treinamento homologadas, não comprar equipamentos pela Internet sem prévia consulta junto a especialistas e se ter conhecimento técnico para praticar a atividade.

Ouça as explicações completas:

 

 

 

Ver comentários