Notícia

Inteligência trabalha na identificação dos mandantes e executores

Secretário de Estado de Segurança Pública e Defesa Social, Coronel Alexandre Ramalho, afirmou que o Estado não vai tolerar esse tipo de ação

O Coronel Alexandre Ramalho, Secretário de Estado de Segurança Pública e Defesa Social, afirmou que o setor de inteligência já trabalha na identificação dos mandantes e executores dos ataques a ônibus na Grande Vitória. Na noite desta quinta (30), mais um ônibus foi queimado na Grande Vitória. Desta vez, um coletivo da linha 516, que chegava no Terminal de Jacaraípe, na Serra, foi parado por cinco homens armados. Eles mandaram todos descerem e atearam fogo. Foi o segundo ônibus incendiado em menos de 24h e o quarto em pouco mais de dez dias.

O criminosos, por bilhetes, dizem que os incêndios são em represália ao Estado por causa das condições dos presídios e da falta de visitas nas unidades prisionais, suspensas desde março por causa do pandemia de coronavírus. Também afirmaram que farão ataques todos os dias se as visitas não voltarem. Ouça.

 

 

 

 

Ver comentários