Notícia

Cidades que decidiram não retomar aulas serão investigadas, afirma MP

A entrevistada é a promotora de Justiça do Ministério Público Estadual Maria Cristina Rocha Pimentel

Sala de aula
Sala de aula
Foto: Pixabay

O Ministério Público Estadual vai investigar o motivo que levou as cidades de Vitória, Cariacica, Serra e Vila Velha decidirem não retomar às aulas presenciais nas escolas públicas municipais. Segundo a promotora de Justiça Maria Cristina Rocha Pimentel, dirigente do Centro de Apoio de Implementação das Políticas de Educação (Caope), a decisão foi precipitada. "Vamos um procedimento preparatório de investigação para identificar porque os municípios não se prepararam para o retorno e como os recursos para isso foram utilizados. A informação de que uma cidade não tem condições de abrir as escolas não pode acontecer", afirmou em entrevista à CBN Vitória. A promotora deu detalhes de um questionário enviado aos municípios para mapear a situação das escolas para a retomada das aulas. Ouça a entrevista completa:

Ver comentários