Notícia

Mulheres devem estar atentas a sinais de um relacionamento violento

A entrevistada é a delegada Michelle Meira, gerente de Proteção à Mulher da Secretaria de Estado da Segurança Pública

O feminicídio é o homicídio doloso praticado contra a mulher em razão da condição do sexo feminino
O feminicídio é o homicídio doloso praticado contra a mulher em razão da condição do sexo feminino
Foto: Divulgação

Um novo episódio de feminicídio chocou a cidade de Colatina: uma mulher foi assassinada com golpes de facão no pescoço na frente dos próprios filhos, na noite deste domingo (10) na zona rural de Colatina, no Noroeste do Espírito Santo. Segundo a Polícia Militar, o suspeito do crime é o próprio marido da vítima. O caso traz luz novamente ao feminicídio em território capixaba. Segundo a delegada Michelle Meira, gerente de Proteção à Mulher da Secretaria de Estado da Segurança Pública, as mulheres devem estar atentas aos sinais de um relacionamento violento. "Ciúme excessivo, muitas vezes romantizado, controle sobre tipo de roupa, do telefone e redes sociais, além de xingamentos e ameaças que precedem um ato violento", explica. Ouça a entrevista concedida ao CBN Cotidiano:

Ver comentários