Notícia

Brincadeira de menino ou de menina: é desejável esta distinção?

Quem responde é Ana Paula Yazbek, pedagoga com especialização em Educação de Crianças de zero a três anos.

É bastante comum observamos algumas pessoas falando que meninos não devem brincar de boneca e que meninas não devem brincar de carrinho e nem de futebol. Mas que tipo de brincadeira é adequado para os meninos e para as meninas? Por que essa definição é importante?

Você acha desejável que haja uma distinção entre os brinquedos de meninos e meninas? Ou acredita que o ideal é que todos os brinquedos sejam neutros (materiais não estruturados, jogo de construção, mosaico, quebra-cabeça, jogos de encaixar, instrumentos musicais.)? Será que isso é possível?

Quem responde essas perguntas é Ana Paula Yazbek, pedagoga com especialização em Educação de Crianças de zero a três anos. 

 

 

Ver comentários