Notícia

Polícia diz que criança foi responsável pelo desligamento de energia

Em entrevista à CBN Vitória o delegado Fabrício Lucindo traz detalhes da investigação

A Polícia Civil no Espírito Santo identificou que uma criança de apenas nove anos foi a responsável pelo desligamento do relógio da sede de vacinação da cidade de Rio Bananal, localizada no Norte do Estado. De acordo com o delegado Fabrício Lucindo, a identificação foi possível após a análise de imagens de viodemonitoramento e depois pelo depoimento da mãe do menor. Em entrevista à CBN Vitória o delegado traz detalhes da investigação. A situação comprometeu todas as doses da vacina contra a Covid-19 disponibilizadas para o município, além de outros imunizantes, testes e medicamentos.

Ver comentários