Notícia

São José de Anchieta é declarado padroeiro do Brasil

Santo que viveu e morreu em terras capixabas é o novo padroeiro do país ao lado de Nossa Senhora Aparecida

Um ano após ter sido declarado santo pelo papa Francisco, São José de Anchieta recebeu o título de padroeiro secundário do Brasil. A partir de agora, para a Igreja Católica, o santo que viveu e morreu em terras capixabas é o padroeiro oficial do país ao lado de Nossa Senhora Aparecida. O reconhecimento ocorreu na última sexta-feira (24).

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) também concedeu o título de Santuário Nacional ao Santuário de São José de Anchieta, no Sul do Estado. No Brasil apenas o Santuário Basílica de Nossa Aparecida, em São Paulo, possuía esse título.

 



O pedido para que José de Anchieta se tornasse padroeiro do país, e que o santuário localizado em Anchieta se tornasse, oficialmente, Santuário Nacional de São José de Anchieta, foi feito no ano passado pelo reitor do Santuário, padre César Augusto dos Santos. Na ocasião, ele estava em Roma, onde foi vice postulador no processo da canonização de São José de Anchieta, na capital italiana.

 

Mais visibilidade



De acordo com padre César, o fato de o Santuário se tornar oficialmente nacional e Anchieta se tornar o segundo padroeiro do Brasil vai dar mais visibilidade ao Espírito Santo. “O Brasil vai olhar para nosso Santuário com outros olhos porque ele é uma referência nacional. E ele se tornando padroeiro valoriza ainda mais o título que Anchieta tem de apóstolo do Brasil”, contou.



Padre César destacou que São José de Anchieta é um santo que se diferencia dos demais porque ele evangelizou em vários estados do país. A partir de agora, segundo o padre, a devoção ao santo toma proporções internacionais.



“O Santuário de Aparecida é conhecido internacionalmente e, agora, Anchieta se destaca como referência e ícone da evangelização, principalmente para a América Latina”, afirmou.



No próximo domingo (03), haverá uma missa no Santuário Nacional de São José de Anchieta, para celebrar o primeiro ano de canonização do padre jesuíta. A missa começa às 10h30 e depois dessa data, todos os dias haverá missa nesse mesmo horário no Santuário.

Ver comentários