Notícia

Jucutuquara faz homenagem a Vitória e leva fogo ao Sambão

Em 1 hora e 4 minutos de desfile, a agremiação da capital empolgou sua torcida. A escola foi a vice-campeã do ano passado.

A Unidos de Jucutuquara colocou fogo no Sambão do Povo em sua apresentação. A escola foi a segunda a se apresentar no desfile do Grupo Especial do Carnaval de Vitória e o ponto alto foi a performance da rainha de bateria Lorena Bragatto que soltou uma chama de fogo na avenida. Em 1 hora e 4 minutos de desfile, a agremiação da capital empolgou sua torcida. O enredo homenageou a cidade de Vitória.

Com o samba-enredo "Vitória", a Coruja apresentou aspectos contemporâneos que fazem a diferença para o morador da capital, como o incentivo ao uso das bicicletas. O mar, o trabalho no mangue e a religiosidade também foram alguns dos temas cantados e dançados ao longo do desfile.

A passagem de um tripé com um telão apresentando imagens de pontos turísticos da capital capixaba também chamou atenção. Durante o desfile, um dos componentes da escola passou mal e foi retirado da avenida pelo Corpo de Bombeiros.

Mais homenagens

A verde e vermelho entrou na passarela do samba às 22h25 e em seu carro abre-alas homenageou o manguezal de Vitória. Na ala das baianas, as puãs dos caranguejos decoraram as fantasias.

Ao longo da apresentação, houve muitos espaços entre algumas alas e houve correria de alguns componentes. Apesar disso, não houve atraso no desfile. A bateria, inclusive, prolongou sua presença na avenida nos últimos minutos levando os fãs da Jucutuquara à loucura.

A escola foi a vice-campeã do ano passado. 

Ver comentários