Notícia

Com 106 anos, moradora lembra as transformações na cidade

Ouça a terceira reportagem da série em comemoração aos 466 anos da capital capixaba

"Era um lugar lindo, lindo e lindo. Era um lugar de lazer. O bondinho circulava passando próximo à Catedral. Esse era nosso único meio de transporte e era muito bom", afirma a professora aposentada Adelina Pagani, de 106 anos de idade. A mulher nasceu em 1911, em Santa Teresa, na Região Serrana, e mudou para a Capital junto com a família quando era criança. Ela e o jornalista e historiador José Tatagiba ajudam a contar um pouco das transformações na cidade no último século, na terceira reportagem da série especial em comemoração aos 466 anos de Vitória.

 

Ver comentários