Notícia

Vereadores de Guarapari criam taxa de parada para ônibus

Moradores temem que valor da passagem possa ser reajustado. Prefeitura diz que as empresas não devem aumentar a tarifa pois podem reter para si os valores correspondentes à taxa de embarque

Na sessão plenária da última quinta-feira (05), os vereadores de Guarapari aprovaram, por nove votos a cinco, o Projeto de Lei Complementar que institui a cobrança de "Taxa de Parada" para os ônibus intermunicipais e interestaduais que utilizam o Terminal Rodoviário da cidade, o Rodoshopping.

Algumas pessoas que acompanhavam a votação pediram que a sessão fosse adiada e que o projeto de lei fosse discutido. Mas o pleito não foi atendido e os parlamentares seguiram com a votação.

Com a aprovação dessa taxa, os coletivos intermunicipais que partem de Guarapari deverão pagar uma taxa de R$ 30,24 por veículo. Para os que circulam dentro da cidade, esse valor cai para R$ 19,76. Já para os ônibus que têm outros Estados como destino, além da taxa para transitar dentro do município, será cobrado R$ 9,45 por passageiro.

Alguns passageiros entrevistados pela nossa equipe não tinham conhecimento sobre esse projeto de lei, mas temem que esse valor recaia sobre as passagens. O agente penitenciário Ronei Rosa Silva é um deles. Ele reclama das condições do terminal e questiona, mostrando a passagem, uma taxa cobrada que não tem uma denominação específica.

"Já está inviável, porque da forma que está sendo feita, o passageiro chega aqui, eu mesmo, foi um que trabalhei aqui no CDPG em Guarapari, pedi transferência, porque todas as vezes que eu vinha aqui não tinha iluminação nessa rodoviária, não tinha nada. E agora, de uma forma que não se explica, a passagem vem descontando uma certa taxa que ninguém me falou nada e está sendo descontada essa taxa aí, de 'outros'. Povo de Guarapari, povo de Vitória, tem que haver explicação. Afinal, a gente paga taxa de embarque, que já é descontada e mais essa taxa de 'outros'. Agora mais essa taxa. O que que é isso? Tá inviável parar aqui em Guarapari nessa rodoviária".

Em nota, a Prefeitura de Guarapari informa que a taxa é voltada para as empresas proprietárias dos veículos. E diz ainda que o projeto de lei torna obrigatória a parada no terminal rodoviário, não impedindo que os mesmos façam paradas em outros pontos autorizados pela prefeitura.

De acordo com Procuradoria Geral do Município, qualquer aumento na passagem deve ser autorizado pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER). Segundo a prefeitura, o aumento no valor da passagem não deve ser praticado, uma vez que as empresas de ônibus obrigadas ao recolhimento da taxa, a título de ressarcimento, reterão para si os valores correspondentes à taxa de embarque, desde que o embarque seja feito na rodoviária. Para se tornar lei, o projeto precisa ser aprovado pelo prefeito Edson Magalhães (PSD).

Com informações de Rafael Monteiro de Barros e Rodrigo Fonseca

 

Ver comentários