Notícia

Governo e militares formalizam termo para a reformulação do HPM

Um dos objetivo da reformulação do HPM é aumentar para até 8 mil o número de consultas, com 25 especialidades

A Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social (Sesp) e a Secretaria de Estado de Saúde (Sesa) formalizaram na manhã desta quinta-feira (14) o termo de cooperação técnica para a reformulação do Hospital da Polícia Militar (HPM), que fica no bairro Bento Ferreira, em Vitória.

Um dos objetivo da reformulação do HPM é aumentar em até quatro vezes o número de consultas médicas - passando de 2 mil para 8 mil. Serão oferecidos atendimentos em 25 especialidades. As consultas com cardiologistas, neurologistas e nutricionistas estão entre as opções. A data para o início de funcionamento da reformulação ainda não foi confirmada.

HPM terá atendimento exclusivo para miliares e seus familiares
HPM terá atendimento exclusivo para miliares e seus familiares
Foto: Ricardo Medeiros

Durante a cerimônia de assinatura do termo, o secretário de estado da saúde, Ricardo de Oliveira, chegou afirmar que as consultas do ambulatório também seriam oferecidas para usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). No entanto, após questionamento da reportagem, a secretaria de Saúde recuou e corrigiu a informação, e confirmou que as consultas no ambulatório do HPM serão apenas para militares e seus familiares.

Ricardo de Oliveira elogiou a parceria feita com os militares, lembrando que o Estado utiliza parte do HPM para atendimentos do Hospital Infantil.

"O que nós desenvolvemos aqui foi uma parceria, onde a Polícia Militar cedeu as instalações do hospital para que a gente pudesse instalar o Hospital Infantil. Em troca disso, estamos fazendo uma parceria, uma contribuição, para organizar o atendimento médico da família militar", declarou o secretário.

Cerimônia para assinatura de termo para a reformulação do HPM
Cerimônia para assinatura de termo para a reformulação do HPM
Foto: Eduardo Dias

Outra novidade proporcionada para reformulação do HPM é a ampliação do horário de funcionamento, que será de 7h às 22h. O pronto socorro do HPM, que será construído até o mês de janeiro, terá atendimento 24h em todos os dias da semana e vai contar com três leitos de UTI.

O sistema de marcação de consultas será reformulado. Antes, os procedimentos eram feitos apenas pelo telefone, mas agora também poderão ser realizados por e-mail e até pelo aplicativo de conversas WhatsApp.

Veja quais serão os novos serviços:

Consultas na Policlínica

Os atendimentos serão ampliados em mais de quatro vezes. Das atuais 2 mil consultas, passam a ser oferecidas, por mês, cerca de 8 mil.

Horário de Atendimento

Passa a ser oferecido das 7h às 22h, de sábado a domingo.

Pronto-Socorro 24 horas

Será construído, até o mês de janeiro, um Pronto-Socorro no HPM, com atendimento diário, 24 horas. Contará ainda com três leitos de UTI, anexo.

Agendamento de Consultas

Agendamento poderá ser feito on-line, via site da PM, por telefone, e-mail e até por WhatsApp. Os mesmos recursos poderão ser utilizados para marcação de atendimento odontológico.

Crianças no PS Infantil

Em casos de urgência ou ambulatorial, os filhos dos militares serão recepcionados no HPM, mas serão encaminhados internamente para atendimento no Hospital Infantil, cujo Pronto-Socorro utiliza parte das instalações do hospital militar.

Exames de Imagem

Será criado um centro de diagnósticos por imagem. Desta forma, será possível realizar na própria unidade exames de raio–X digital, ultrassonografia, tomografia, ecocardiograma, entre outros.

Leitos de Enfermaria

Vão ser mantidos para os casos em que forem necessárias internações.

Médicos Contratados

Vão ser oferecidas consultas em 25 especialidades. Na última semana, a PM publicou editais para a contratação de 33 profissionais da área de saúde, 26 deles são médicos. Também vão ter apoio de médicos da Sesa.

Entre as especialidades oferecidas estão:

Assistentes sociais

Psicólogos

Psiquiatras

Cardiologia

Dermatologia

Infectologia

Medicina do Trabalho

Medicina Física e Reabilitação

Neurologia

Oftalmologia

Ortopedia

Urologia

Farmacêuticos e Bioquímicos

Nutricionistas

Acupuntura

Odontologia

Fisioterapia

 

 

Ver comentários