Notícia

Com estrutura comprometida, Terminal de Itaparica será interditado

As 31 linhas que operam no terminal serão transferidas para o Terminal de Vila Velha, Terminal do Ibes e Terminal Rodoviário de Itaparica

Com estrutura comprometida, Terminal de Itaparica será interditado
Com estrutura comprometida, Terminal de Itaparica será interditado
Foto: Fernando Madeira

O Terminal de Itaparica será interditado por tempo indeterminado a partir da 0h deste sábado (21) devido ao comprometimento da estrutura. Um laudo divulgado na tarde desta sexta-feira (20) apontou que há falhas no projeto e na execução e que a estrutura corre risco de desabamento. Cerca de 45 mil pessoas por dia, de segunda a sexta, passam pelo terminal.

As 31 linhas que operam no local serão transferidas para outros lugares. Cinco linhas serão deslocadas para o Terminal do Ibes, duas para a Rodoviária de Vila Velha e 23 pra o Terminal de Vila Velha. (Confira a lista de linhas transferidas abaixo)

A interdição do terminal foi feita porque os passageiros corriam riscos no local, segundo o diretor-presidente da Companhia de Transportes Urbanos da Grande Vitória (Ceturb), Alex Mariano. “Como forma de precaução, nós estamos tomando a atitude de, a partir deste sábado (21), não operar mais no Terminal de Itaparica. Nós julgamos a necessidade de fazer a interdição para manter a vida e a segurança do usuário.”

Uma série de acontecimentos levou à conclusão de que a estrutura está comprometida e corre risco de desabar. Em 2013, após uma forte chuva, uma das marquises do Terminal de Itaparica caiu. Depois disso, em 2015, a Ceturb decidiu remover a outra marquise por precaução. Então, uma perícia foi contratada para avaliar as condições dessa segunda marquise. Em junho de 2017, a perícia foi concluída e um laudo atestou que a parte removida realmente tinha problemas estruturais.

A partir disso, em abril deste ano, a Ceturb contratou uma nova perícia para avaliar a estrutura do Terminal de Itaparica como um todo. Nesta sexta, o laudo foi entregue à companhia e mostrou que toda nave central corre risco de desabamento. As falhas apontadas são no projeto e na execução da obra, de responsabilidade do Instituto de Obras Públicas do Espírito Santo (Iopes).

Após a interdição, o laudo será entregue ao Iopes. O instituto foi procurado nesta sexta-feira, mas só respondeu neste sábado. Informou que vai analisar o laudo contratado pela Ceturb e adotar as providências cabíveis.

Segundo o diretor-presidente da Ceturb, Alex Mariano, o Instituto de Obras Públicas do Espírito Santo vai definir o que será feito com a estrutura do Terminal de Itaparica. “Nós vamos encaminhar todo o laudo para o Iopes que vai fazer os levantamentos necessários de adaptação de projeto para, depois disso, abrir o processo licitatório e fazer a reforma do terminal.”

Ainda de acordo com Mariano, os passageiros que utilizam os ônibus que passam por Itaparica terão que consultar os novos itinerários por meio do site da companhia e por aplicativos, como Transcol Online. A estimativa é que, a partir de segunda-feira (23), os novos itinerários estejam disponíveis para os usuários.

Além disso, segundo Mariano, os passageiros também serão informados sobre a interdição do Terminal de Itaparica e sobre as mudanças nas linhas por meio de cartazes nos terminais e nos ônibus e através de informativos publicados em veículos de imprensa.

CONFIRA ABAIXO PARA ONDE CADA LINHA SERÁ TRANSFERIDA:

OBS: A linha 600 (T. Itaparica/T. Ibes via Araças), sairá do Terminal do Ibes em direção ao ponto localizado na Rua Seul, em Araças (o mesmo ponto da linha do ônibus seletivo que atende o bairro). Depois, retornará ao Terminal do Ibes.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ver comentários