Notícia

Drone é usado para vigiar chegada de óleo em Conceição da Barra

O objetivo é documentar a atual situação das praias e comparar com precisão os impactos ambientais, caso ocorra a chegada das manchas de óleo na costa capixaba.

Drone que monitora as praias de Conceição da Barra
Drone que monitora as praias de Conceição da Barra
Foto: DIVULGAÇÃO/PMCB

O litoral de Conceição da Barra está sendo monitorado por drone. O trabalho será desenvolvido ao longo de todo o período que persistir a emergência ambiental causada pelo aparecimento de manchas de óleo no litoral nordestino. As imagens são georreferenciadas e têm o objetivo de documentar a atual situação das praias e comparar com precisão os impactos ambientais, caso ocorra a chegada do resíduo à costa capixaba.

As manchas de óleo começaram a aparecer no litoral nordestino no dia 20 de agosto e desde então já foram avistadas em mais de 280 praias, em nove Estados. O resíduo está se deslocando para o Sul da Bahia e a preocupação agora é como impedir que ele chegue a Abrolhos. O plano de emergência do Estado será acionado quando os resíduos chegarem a praias de Caravelas, localizada a menos de 200 quilômetros da divisa com o Espírito Santo.

As imagens começaram a ser feitas na primeira praia ao Norte do Espírito Santo, Riacho Doce, que faz divisa com a Bahia. E seguiu pelas praias de Itaúnas, Guaxindiba, Centro, Bugia, Pontal do Sul até a divisa com o município de São Mateus. Em dois dias de trabalho, foram filmados e fotografados os 43 quilômetros de praias de Conceição da Barra.

O levantamento, considerado inédito, vem sendo realizado em parceria com o laboratório de nectologia (Labnecton/Ufes) da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) e a empresa Altis Solução em Imagem, especializada em aerolevantamento topográfico por meio de tecnologias de "dronemonitoramento."

De acordo com o secretário de Meio Ambiente de Conceição da Barra, André Tebaldi, esse levantamento ajudará na organização da Sala de Comando Unificado que será instalada caso as manchas de óleo cheguem ao município. "As praias serão seccionadas em regiões e as equipes capacitadas para remoção da mancha serão deslocadas para cada uma delas com base nas informações colhidas pela Coordenação de Monitoramento Ambiental das Praias, ganhando assim eficiência nas ações", explicou Tebaldi.

Tebaldi destaca ainda que Conceição da Barra está articulado com as instituições estaduais e federais e já possui um Plano de Ação Emergencial para combater, de forma eficiente a eventual, a chegada desses resíduos no litoral barrense.

Além dessa atividade, um grupo de pesquisadores do Labnecton/Ufes está se dirigindo ao Parque Nacional Marinho dos Abrolhos, nesta sexta feira (1º), para auxiliar na localização das manchas de óleo também com a utilização de drone.

Ver comentários