Notícia

Valor da produção agropecuária do ES tem pior resultado desde 2013

Estado deve terminar ano com agropecuária avaliada em R$ 8,49 bilhões. São 5,5% a menos do que em 2018

O Valor Bruto de Produção Agropecuária (VBP) voltou a cair no Espírito Santo. Com isso, o agronegócio capixaba teve seu pior resultado desde 2013. De acordo com dados compilados pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), o Estado deve fechar o ano de 2019 com um saldo de R$ 8,49 bilhões, valor 5,5% inferior ao registrado em 2018 (R$ 8,99 bilhões).

Neste ano, o desempenho da agricultura capixaba foi 13,3% menor do que o do ano anterior, o que puxou para baixo o resultado total. Em 2018, as produções das lavouras foram avaliadas em R$ 6,29 bilhões. Já em 2019, foram R$ 5,45 bilhões. De acordo com o Mapa, os dados analisam o saldo de janeiro a novembro deste ano e somam uma projeção do VBP de dezembro (com base nos dados do mês anterior). Os números foram divulgados na última quarta-feira (18).

Em todo o país, o VBP foi estimado em R$ 617 bilhões, o que representa um crescimento de 2,1% em relação ao valor obtido em 2018 (R$ 604,5 bilhões). Com esse resultado, se iguala ao de 2017, o maior já registrado e considerado excepcional para a agropecuária do país.

Quando olhamos por produto no Espírito Santo, vemos o café conilon como o principal componente desse setor. Sozinho, este café representa quase dois terços de todo o valor bruto de produção da agricultura neste ano (R$ 3,18 bilhões). Mesmo assim, o valor foi 7,78% inferior ao de 2018 (R$ 3,45 bilhões).

Já o café arábica representa 20% de toda a produção agrícola de 2019 (R$ 1 bilhão). Houve um recuo de 37,8% em relação a 2018 (R$ 1,76 bilhões).

PRODUÇÃO DE OVOS CRESCEU EM 2019

Por outro lado, a atividade pecuária capixaba cresceu 12,54%. Neste ano, foi avaliada em R$ 3 bilhões e, em 2018, em R$ 2,7 bilhões. O principal responsável pelo desempenho positivo foi a avicultura. A produção de ovos cresceu 39,46% entre 2018 e 2019.

Neste ano, o Estado arrecadou R$ 1,19 bilhão com a venda de ovos. Já no ano passado foram R$ 905 milhões. A produção de aves cresceu 12,35% e, com isso, faturou R$ 625 milhões neste ano.

PERSPECTIVAS PARA 2020

Segundo o Mapa, as primeiras estimativas para 2020 indicam um VBP de R$ 635,2 bilhões no país, 2,1% superior ao de 2019. Deve haver um estímulo em grande parte pela provável recuperação da soja.

O QUE É VBP?

O Valor Bruto da Produção Agropecuária (VBP) mostra a evolução do desempenho das lavouras e da pecuária ao longo do ano e corresponde ao faturamento bruto dentro do estabelecimento. Calculado com base na produção da safra agrícola e da pecuária, e nos preços recebidos pelos produtores nas principais praças do país, dos 26 maiores produtos agropecuários do Brasil. O valor real da produção, descontada a inflação, é obtido pelo Índice Geral de Preços - Disponibilidade Interna (IGP-DI) da Fundação Getúlio Vargas. A periodicidade é mensal.

Ver comentários