Portabilidade de financiamentos imobiliários dispara no país

Ouça as orientações do comentarista Fernando Galdi

Publicado em 04/09/2020 às 11h41
Atualizado em 18/05/2021 às 05h16

Nesta edição do Conversa de Bolso, Fernando Galdi destaca a trajetória de cortes nas taxas de juros nos últimos 12 meses, que fez a Selic sair de 6,50% para 2% e provocou um movimento intenso de portabilidade de financiamentos imobiliários. No período, os pedidos de portabilidade de contratos na CrediHome, plataforma digital de crédito para compradores e proprietários de imóveis dispararam.

Um levantamento do portal "Valor Investe" aponta, por exemplo, que apenas em julho, os pedidos de portabilidade aumentaram 43 vezes em relação ao mesmo mês de 2019, somando 2.294 solicitações. Desse total, cerca de 5% são fechados via plataforma, uma vez que os bancos costumam reduzir suas taxas na tentativa de reter os clientes. Confira as explicações!

Este vídeo pode te interessar