Picpay pede abertura de capital em bolsa dos EUA

Ouça a análise de Fernando Galdi

Publicado em 23/04/2021 às 11h45
Atualizado em 17/05/2021 às 11h49

Fundado em 2012 no Espírito Santo, o PicPay protocolou na última quarta-feira (21) um pedido de abertura de capital na bolsa eletrônica Nasdaq, nos Estados Unidos. A empresa, que é a maior fintech do Brasil em número de clientes, com cerca de 40 milhões, pode ser a primeira capixaba a entrar em uma bolsa de valores americana. Em 2020, o PicPay teve ganhos financeiros de R$ 306,3 milhões, mas o prejuízo saltou de R$ 266,6 milhões para R$ 803,7 milhões. A fintech é controlada pelo grupo J&F, da família Batista. A data e o valor que a companhia pretende arrecadar com o IPO (Oferta Pública Inicial) ainda não foram definidos. Assunto para Fernando Galdi, nesta edição do Conversa de Bolso! O comentarista também continuar a esclarecer dúvidas sobre a declaração do Imposto de Renda 2021. Acompanhe a análise completa!

Este vídeo pode te interessar