Crianças e adolescentes também podem se beneficiar das telas

Mas é preciso supervisão e controle. Quem explica é o psicólogo Cristiano Nabuco

Publicado em 27/11/2021 às 11h27
Criança, tela, tablet, tecnologia, exposição às telas
Criança, tela, tablet, tecnologia, exposição às telas. Crédito: Pexels

Apesar do tempo que as crianças gastam em frente às telas ser uma preocupação para pais e autoridades de saúde, há benefícios para esse público. As novas tecnologias permitem o acesso a uma gama de conhecimentos, além de ajudarem no desenvolvimento do raciocínio espacial e na resposta a estímulos. É o que explica o psicólogo Cristiano Nabuco, coordenador do Grupo de Dependências Tecnológicas do Instituto de Psiquiatria da Universidade de São Paulo (USP), em entrevista à CBN Vitória. Ele aponta até onde vão esses benefícios e como os pais podem ter o controle da quantidade ideal do tempo de tela para os pequenos. Acompanhe!