Festa de São José de Anchieta atrai atenção pelo Ano Inaciano e história jesuíta

O entrevistado é o reitor do Santuário Nacional de São José de Anchieta, Padre Nilson Maróstica

Publicado em 08/06/2021 às 17h54
Atualizado em às
Santuário Nacional de São José de Anchieta, em Anchieta (ES)
Santuário Nacional de São José de Anchieta, em Anchieta (ES). Crédito: Divulgação

Esta quarta-feira, 9 de junho, é marcada pelo Dia de São José de Anchieta e o encerramento das festividades em homenagem ao santo, que acontecem no Santuário Nacional de São José de Anchieta, em Anchieta (ES). Pelo segundo ano consecutivo, em virtude da pandemia da covid-19, toda a programação é transmitida pela internet e a participação é prioritariamente online.

O tema "Ver novas todas as coisas em Cristo" foi escolhido por ser também o tema do Ano Inaciano. Trata-se do período comemorativo dos 500 anos da conversão de Santo Inácio de Loyola, o fundador da Companhia de Jesus - ordem religiosa do Papa Francisco e da qual Anchieta passou a fazer parte quando Inácio ainda era o Superior dos jesuítas. Ao CBN Cotidiano, o reitor do Santuário Nacional de São José de Anchieta, Padre Nilson Maróstica, fala sobre a data e as comemorações.

Curiosidades da Festa de Anchieta:

A Festa acontece dentro de uma data importante para a Companhia de Jesus: os 500 anos da conversão de Santo Inácio de Loyola, o fundador da Companhia de Jesus.

- Anchieta é contemporâneo do fundador Companhia de Jesus.

- Papa Francisco é o primeiro Papa jesuíta da história

- O Papa Francisco recebeu a reedição do livro escrito por Anchieta. Esse mesmo livro é encontrado no Santuário no ES.

- Amizade de Anchieta com Frei Pedro Palácios, fundador do Convento da Penha.

- O Frei Paulo, guardião do Convento, encerrará o Festa de Anchieta.

Acompanhe pela internet:

instagram: @santuariodeanchieta