Quase três celulares são roubados por hora no ES, indica novo painel de segurança

O Painel Crimes Contra o Patrimônio está organizado para consulta por bairros e municípios, com informações detalhadas sobre os tipos de incidentes e locais de ocorrência

Publicado em 24/09/2021 às 11h23
Painel
Painel "Crimes Contra o Patrimônio". Crédito: Pedro Cunha

Já são 44.055 ocorrências de crimes contra o patrimônio no Espírito Santo somente em 2021. O dado é do Painel Crimes Contra o Patrimônio, lançado pelo governo estadual na última quarta-feira (22). A ferramenta passou a integrar os registros na medida em que são realizados, oferecendo mais transparência e agilidade no acesso às informações. Segundo o painel, disponível no site do Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN), estelionato ou fraude passaram a dominar os indicadores criminais este ano e representam quase 20 mil ocorrências. Em seguida, são os roubos à pessoa em via pública - quase 12 mil roubos.

Em entrevista à CBN Vitória, o diretor de Integração e Projetos Especiais do IJSN, Pablo Lira, e o delegado Jordano Leite, gerente de Operações Técnicas da Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social (Sesp), detalham o funcionamento do painel e como os dados serão utilizados. Acompanhe!

O Painel Crimes Contra o Patrimônio está organizado para consulta por bairros e municípios, com informações detalhadas sobre os tipos de incidentes e locais de ocorrência, sempre preservando os dados pessoais das vítimas. São disponibilizados também dados referentes aos objetos roubados, além da data e horário do fato ocorrido. Para o delegado Jordano Leite, com a nova ferramenta, será possível integrar informações que são geradas de todas as fontes, a partir da consolidação das bases de dados. Já Pablo Lira explica que o sistema tem por objetivo subsidiar ações estratégicas de controle e prevenção à criminalidade e à violência.

- Em 2021, Vila Velha está em primeiro lugar no registro de ocorrências (8.042). Em segundo lugar é a Serra, com 7.192 ocorrências.

- Os crimes acontecem mais no início da semana, segunda e terça, e vão decrescendo ao longo da semana.

- Neste ano, janeiro foi o mês de mais ocorrências até agora - pouco mais de 6 mil.

- Aparelhos telefônicos foram os objetos mais roubados (16.123 só em 2021) - são quase três celulares roubados por hora. Em seguida são veículos (5.247).

- Os dados de 2021 consideram de 01/01/2021 a 31/08/2021 - 242 dias.

Acesse o Painel: http://www.ijsn.es.gov.br/observatorio-da-seguranca-cidada/paineis-de-indicadores/crimes-contra-o-patrimonio