"Sensação que pandemia está sob controle é inadequada", diz fundador da Anvisa

O entrevistado é o médico sanitarista Gonzalo Vecina Neto

Publicado em 27/10/2021 às 12h06
Gonzalo Vecina Neto, médico sanitarista que fundou a Anvisa
Gonzalo Vecina Neto, médico sanitarista que fundou a Anvisa. Crédito: Acervo pessoal

O médico sanitarista Gonzalo Vecina Neto, fundador da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e professor da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (FSP-USP), afirmou que a "sensação que pandemia está sob controle é inadequada". Em entrevista à CBN Vitória, ele ressaltou que "estamos num momento bom, mas a pandemia não acabou ainda. A pandemia acaba quando no mundo não temos mais casos. Ainda é possível o surgimento de novas variantes, que podem ser capazes de driblar as vacinas que estamos usando". Segundo Vecina, "ainda não dá pra sair pulando carnaval". "Eventos abertos em que você não controla se a pessoa está vacinada não deveriam ser realizados". Ouça a entrevista completa: