Vacinação contra a Covid será obrigatória para todos os servidores públicos estaduais

Anteriormente a medida se aplicava apenas aos servidores da saúde. Ouça entrevista com o secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes

Publicado em 07/10/2021 às 11h44
Nésio Fernandes, secretário de Estado da Saúde, em entrevista à CBN Vitória
Nésio Fernandes, secretário de Estado da Saúde, em entrevista à CBN Vitória. Crédito: João Paulo Rocetti

O governador Renato Casagrande anunciou, em pronunciamento na quarta-feira (6), uma nova matriz de risco, que vai passar a apresentar o "Risco Muito Baixo" - representado em azul.  A mudança é devido ao novo indicador que passa a integrar a gestão da matriz de risco: o avanço da vacinação. O "Risco Muito Baixo" não será por município, e sim por microrregião, como explica em entrevista à CBN Vitória, o secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes. Nesta entrevista, o secretário de Estado da Saúde afirmou que a vacina contra a Covid-19 será mesmo exigida para matrícula de alunos em 2022. Outra importante mudança é a exigência de que todos os servidores públicos estaduais também estejam imunizados contra o novo coronavírus. Atualmente, segundo Nésio, 2235 servidores públicos ainda não atualizaram o status de vacinação e correm o risco de perderem suas funções. 

MUNICÍPIOS POR MICRORREGIÃO

1 - Metropolitana: Vitória, Vila Velha, Serra, Cariacica, Viana, Fundão, Guarapari

2 - Central-Serrana: Itaguaçu, Santa Teresa, Itarana, Santa Maria de Jetibá e Santa Leopoldina

3 - Sudeste Serrana: Laranja da Terra, Afonso Cláudio, Brejetuba, Venda Nova do Imigrante, Domingos Martins, Marechal Floriano e Conceição do Castelo

4 - Litoral Sul: Alfredo Chaves, Anchieta, Iconha, Piúma, Rio Novo do Sul, Itapemirim, Marataízes e Presidente Kennedy

5 - Central Sul: Castelo, Vargem Alta, Cachoeiro de Itapemirim, Muqui, Atílio Vivácqua, Mimoso do Sul, Jerônimo Monteiro e Apiacá

6 - Caparaó: Ibatiba, Irupi, Iuna, Muniz Freire, Ibitirama, Divino de São Lourenço, Guaçuí, Alegre, Dores do Rio Preto, Bom Jesus do Norte e São José do Calçado

7 - Rio Doce: Sooretama, Rio Bananal, Linhares, Aracruz, João Neiva e Ibiraçu

8 - Centro-Oeste: Alto Rio Novo, Pancas, São Gabriel da Palha, Vila Valério, São Domingos do Norte, Governador Lindenberg, Baixo Guandu, Colatina, Marilândia e São Roque do Canaã

9 - Nordeste: Mucurici, Montanha, Pedro Canário, Conceição da Barra, Pinheiros, Boa Esperança, São Mateus, Jaguaré e Ponto Belo

10 - Noroeste: Ecoporanga, Água Doce do Norte, Águia Branca, Barra de São Francisco, Vila Pavão, Nova Venécia e Mantenópolis.

Percentuais de imunização de migração para o risco azul

80% da população adulta com a D1 e D2 ou dose única;

90% da população de 12 a 17 anos com a D1;

90% da população idosa com a D3.