Economia e Negócios

Economia e Negócios

Abdo Filho


Você confere os bastidores e informações relevantes sobre a economia, negócios e o empreendedorismo no Espírito Santo, com o jornalista Abdo Filho

Últimos Áudios

Saca do café conilon bate em R$ 1 mil: entenda os motivos e os impactos no ES
Economia e Negócios

09/04/2024 - Saca do café conilon bate em R$ 1 mil: entenda os motivos e os impactos no ES

Nesta edição do “Economia e Negócios, o comentarista Abdo Filho traz como destaque a informação que o valor da saca de 60 kg do café conilon superou a marca dos R$ 1 mil na última quarta-feira (03). Valor histórico. Há um ano, a mesma saca, de acordo com a Cooabriel, maior cooperativa de conilon do Brasil, estava cotada a R$ 620. Portanto, em 365 dias a valorização ficou em 61%. Os impactos disso no agronegócio capixaba, para os grandes e para os pequenos, é enorme, afinal, o conilon está presente em 50 mil das 108 mil propriedades rurais do Espírito Santo. O Estado responde por 70% de toda a produção da espécie no Brasil. Ouça a conversa completa!

Dívida dos estados: com contas em dia, ES quer propor "cadastro positivo”
Economia e Negócios

02/04/2024 - Dívida dos estados: com contas em dia, ES quer propor "cadastro positivo”

Nesta edição do “Economia e Negócios”, o comentarista Abdo Filho traz como destaque a informação que, em meio a mais um processo de renegociação das dívidas dos estados com a União, tema de difícil solução econômica e política, e que, exatamente por isto, de tempos em tempos volta à pauta nacional, o Espírito Santo pretende apresentar uma proposta diferente, com o objetivo de valorizar e premiar os entes federados que fazem o dever de casa, uma espécie de "cadastro positivo" da federação. Ouça a conversa completa!

ES prepara pacote tributário para dar fôlego a empresários do Sul
Economia e Negócios

26/03/2024 - ES prepara pacote tributário para dar fôlego a empresários do Sul

Nesta edição do "Economia e Negócios", o comentarista Abdo Filho traz como destaque que diante de um dos maiores e mais trágicos eventos climáticos da história do Espírito Santo, a secretaria de Estado da Fazenda prepara um pacote de medidas de caráter tributário para tentar dar fôlego aos empresários das regiões mais afetadas pelas tempestades que devastaram parte do Sul capixaba. Já foram anunciadas algumas medidas de crédito e, em mais alguns dias, virão as tributárias. Em seu comentário, Abdo traz o que está sendo analisado pelos técnicos do governo e que devem ser adotadas nos próximos dias e semanas. 

O lado positivo e o lado negativo do processo da BR 101 capixaba no TCU
Economia e Negócios

19/03/2024 - O lado positivo e o lado negativo do processo da BR 101 capixaba no TCU

A proposta de solução para o nó que virou a concessão do trecho da BR 101 que corta o Espírito Santo está no Tribunal de Contas da União (TCU) desde setembro do ano passado. As previsões mais otimistas, alimentadas inclusive pelo ministro dos Transportes, Renan Filho, davam conta de que o veredito do Plenário do tribunal sobre a proposta formalizada por Agência Nacional dos Transportes Terrestres (ANTT) e EcoRodovias, concessionária que anunciou a devolução do trecho em julho de 2022, sairia até dezembro. Frustrado o primeiro prazo extraoficial, passou-se a se falar em março. Ainda faltam alguns dias para o final do mês, mas, como a semana que vem é Santa, já na quinta-feira poucos estarão em Brasília, uma decisão ainda em março passou a ser considerada improvável. O processo segue correndo sob sigilo na Secretaria de Solução Consensual e Prevenção de Conflitos do Tribunal de Contas da União. A última movimentação ocorreu em 6 de março. Fontes que acompanham o caso de perto afirmam que as coisas estão caminhando bem e que o acordo entre ANTT e EcoRodovias deve ser chancelado. Ouça detalhes na participação do comentarista Abdo Filho. 

Aracruz: Vports estuda instalar indústria de desmontagem de plataformas
Economia e Negócios

12/03/2024 - Aracruz: Vports estuda instalar indústria de desmontagem de plataformas

Nesta edição do “Economia e Negócios”, o comentarista Abdo Filho traz como destaque a informação que a Vports, antiga Codesa, possui uma área de mais de 500 mil m², em Barra do Riacho, Aracruz, entre Portocel e Porto da Imetame, que está pronta para ser utilizada. Os executivos da concessionária, que já analisam a instalação de uma usina termelétrica no local, agora se debruçam sobre uma nova possibilidade: descomissionamento de plataformas de petróleo. Um negócio gigantesco que começa a ganhar tração no Brasil. Ouça a conversa completa!

Indefinição na presidência da Vale trava pautas importantes para o ES
Economia e Negócios

05/03/2024 - Indefinição na presidência da Vale trava pautas importantes para o ES

A novela que virou a sucessão de Eduardo Bartolomeo no comando da Vale definitivamente não se trata apenas de um debate de cúpula. Aliás, muito pelo contrário. Pelo menos dois temas para lá de relevantes - social e economicamente - para o Espírito Santo estão travados por causa da indefinição que tomou conta do Conselho de Administração de uma das maiores mineradoras do mundo: o acordo referente à tragédia da Samarco (Vale e BHP são as donas) e a construção do primeiro trecho da Ferrovia Vitória-Rio. Ouça a análise do comentarista Abdo Filho. 

Rumo à rota dos cruzeiros: estudo da USP libera fundeio das embarcações no ES
Economia e Negócios

27/02/2024 - Rumo à rota dos cruzeiros: estudo da USP libera fundeio das embarcações no ES

Nesta edição de "Economia e Negócios", o comentarista Abdo Filho traz como destaque os passos que o Espírito Santo tem dado para voltar à rota dos cruzeiros. A atualização mais recente é o resultado do estudo de pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) sobre a viabilidade de fundeio das embarcações sem que elas precisem passar por debaixo da Terceira Ponte. Ouça a conversa completa!

Imposto sobre herança: alíquotas devem ficar entre 2% e 8% no ES
Economia e Negócios

20/02/2024 - Imposto sobre herança: alíquotas devem ficar entre 2% e 8% no ES

Nesta edição de “Economia e Negócios”, o comentarista Abdo Filho traz como destaque a reforma tributaria que obriga os Estados a mexerem no Imposto de Transmissão Causa Mortis e Doação. Aprovado no final do ano passado, o tributo passa a ser progressivo e, em terras capixabas, é provável que as alíquotas fiquem entre 2% e 8%. Ouça a conversa completa!

Petróleo e portos: projetos de expansão e produção no Norte e Sul do Estado
Economia e Negócios

13/02/2024 - Petróleo e portos: projetos de expansão e produção no Norte e Sul do Estado

Nesta edição de Economia e Negócios, o comentarista Abdo Filho traz como destaque dois temas importância para a economia capixaba. O primeiro deles é a expansão do Porto da Imetame, em Aracruz, que arrematou área de 500 mil m². O segundo é o projeto da petroleira PRIO que possui um projeto de R$ 4,5 bilhões no Espírito Santo. Ouça a conversa completa!

A estratégia por trás da ida da feira de rochas para São Paulo
Economia e Negócios

06/02/2024 - A estratégia por trás da ida da feira de rochas para São Paulo

Nesta edição de "Economia e Negócios", o comentarista Abdo Filho explica qual a estratégia por trás da ida da feira "Vitória Stone Fair" para São Paulo. A partir do ano que vem, um dos maiores eventos de rochas ornamentais do mundo, buscará atrair empresários, arquitetos e compradores estrangeiros no Estado paulista. Ouça a conversa completa e entenda!

Energia solar: EDP coloca R$ 200 milhões no ES e vai investir mais
Economia e Negócios

30/01/2024 - Energia solar: EDP coloca R$ 200 milhões no ES e vai investir mais

Nesta edição do Economia e Negócios, o comentarista Abdo Filho traz como destaque a informação que a EDP, multinacional portuguesa do setor elétrico, responsável pela distribuição de energia em grande parte dos municípios capixabas, está ampliando os investimentos na transição energética. A geração de energia solar é a principal fronteira. Nos últimos dois anos, foram aportados, somente no Espírito Santo, R$ 200 milhões em 13 usinas de geração distribuída (de pequeno porte, para consumo nas proximidades). Dez estão em operação e três em construção. Nos próximos três anos, a EDP colocará mais R$ 2,3 bilhões no negócio, pelo menos R$ 230 milhões ficarão no Espírito Santo, podendo chegar a R$ 460 milhões. Ouça a conversa completa!

“Não queremos o cooperado no prejuízo", afirma presidente da Unimed Vitória
Economia e Negócios

23/01/2024 - “Não queremos o cooperado no prejuízo", afirma presidente da Unimed Vitória

Nesta edição do Economia e Negócios, o comentarista Abdo Filho traz como destaque a informação que o médico cirurgião Fabiano Pimentel Pereira assumiu o comando da Unimed Vitória em 27 de março de 2023. Dois meses depois, em 31 de maio, o jornal Valor Econômico publica a informação de que a Unimed Vitória era um dos maiores cotistas dos fundos da Infinity Asset, gestora que entrou em grave crise e que foi fechada para resgates. O curso do mandato foi alterado radicalmente logo na decolagem. De lá para cá, o presidente de uma das maiores cooperativas do Estado mergulhou no trabalho, ficou semanas sem conseguir dormir, montou (ao lado da diretoria e dos executivos) uma plano para tomar decisões com agilidade e não falou com a imprensa. Em entrevista à coluna do jornalista, em “A Gazeta”, ela falou sobre o assunto pela primeira vez. Ouça a conversa completa!

Importação de carros pelo ES pode travar se o Fisco não liberar novas áreas
Economia e Negócios

16/01/2024 - Importação de carros pelo ES pode travar se o Fisco não liberar novas áreas

Nesta edição do Economia e Negócios, o comentarista Abdo Filho traz como destaque a informação que a importação de carros pelo Espírito Santo, um dos negócios que mais tem movimentado o comércio internacional capixaba nos últimos anos – foram quase US$ 2 bilhões (R$ 9,78 bi) em 2023 –, corre o risco de travar, agora em janeiro, por falta de espaço para armazenagem. Os três portos secos da Rodovia do Contorno - um do TERCA Zilli e dois da GDL Logística - estão próximos do limite da capacidade e, se a Receita Federal não deliberar o quanto antes sobre os pedidos de ampliação das áreas alfandegadas (exclusivas para mercadorias importadas ou que serão exportadas), não haverá espaço para a estocagem de novos veículos. "A demanda, que já vem em alta, deve ser ampliada nos primeiros meses de 2024, afinal, o governo federal anunciou a volta progressiva da cobrança de imposto de importação sobre carros elétricos, daí o gargalo. Só em janeiro, a previsão da Associação dos Portos Secos do Espírito Santo é de que 15 mil veículos irão entrar pelo Estado. O Espírito Santo responde por 32% dos carros que entram no Brasil, a maior operação do Brasil. Sem espaço para armazenagem, abrirá a porta para a concorrência de outros Estados. Os três portos secos em operação na Grande Vitória possuem cerca de 1,5 milhão de m² de área alfandegada", informa o comentarista. Preocupados com a situação, Vports, concessionária responsável pelo Porto de Vitória, e Sindiex (Sindicato do Comércio Importador e Exportador), enviaram uma carta reclamando da situação para o governador Renato Casagrande, para o vice Ricardo Ferraço, para o presidente da Assembleia Legislativa Marcelo Santos e para a bancada federal do Espírito Santo. O objetivo é fazer com que o problema chegue a Brasília, à mesa do ministro da Fazenda, Fernando Haddad. Ouça a conversa completa!

Os desafios da economia do ES e Brasil em 2024
Economia e Negócios

02/01/2024 - Os desafios da economia do ES e Brasil em 2024

Nesta edição do Economia e Negócios, o comentarista Abdo Filho traz como destaque um panorama dos desafios da economia para o Espírito Santo e o Brasil ao longo de 2024. Entre os destaques, a reforma tributária. Ouça a conversa completa!

Acordo vai permitir ampliar importação de carros pelo ES
Economia e Negócios

26/12/2023 - Acordo vai permitir ampliar importação de carros pelo ES

A Vports, concessionária responsável pelo complexo portuário de Vitória, fechou um acordo com a Comexport, uma das maiores empresas de comércio internacional do país, e a operação da trading, em Vila Velha, será ampliada em 8 mil m², o que deve fazer a movimentação de cargas avançar em 15%. Trata-se da expansão de um contrato recente, fechado em junho passado, tudo porque a importação de carros, principalmente os elétricos, só faz crescer e deve continuar na mesma toada. De junho, quando o primeiro contrato com a Comexport foi assinado, para cá, o volume de veículos armazenados no porto cresceu 97%. Os detalhes você ouve na participação do comentarista Abdo Filho. 

Petrobras vê pico de produção de petróleo e gás no ES até 2031
Economia e Negócios

19/12/2023 - Petrobras vê pico de produção de petróleo e gás no ES até 2031

Nesta edição do "Economia e Negócios", o comentarista Abdo Filho traz como destaque a notícia de que a Petrobras anunciou o seu plano de investimentos até 2028, um pacotão de US$ 102 bilhões, quase meio trilhão de reais. Para o Espírito Santo serão aportados, na exploração e produção de óleo e gás, R$ 25 bilhões. Em sua primeira entrevista após a divulgação do planejamento estratégico da companhia, Eduarda Lacerda, gerente-geral da Petrobras no Estado, destaca o que será injetado no negócio tradicional da Petrobras (óleo e gás) e o bom horizonte que se apresenta para o Espírito Santo com a transição energética.

Vale inaugura usina de briquetes de minério de ferro em Tubarão
Economia e Negócios

12/12/2023 - Vale inaugura usina de briquetes de minério de ferro em Tubarão

A Vale inaugura a sua usina de briquetes de minério de ferro, no Complexo de Tubarão, em Vitória. A planta industrial é a primeira no mundo a produzir esse derivado, que promete reduzir em até 10% a emissão de gás carbônico na fabricação de aço, em comparação com as tradicionais pelotas. O evento acontece nesta terça-feira (12). O briquete, patenteado pela mineradora, inclui em sua composição areia do tratamento de rejeitos de mineração e é resistente a altas temperaturas. É considerado verde também por não usar água no processo de produção e emitir menos enxofre e óxido de nitrogênio. A Vale está construindo duas fábricas em Tubarão, mas apenas uma entra em operação agora em dezembro. A previsão é de que a segunda comece a operar em 2024. As duas unidades juntas terão capacidade para produzir 6 milhões de toneladas por ano de briquete. O comentarista Abdo Filho trata do assunto nesta edição do "Economia e Negócios". Ouça a conversa completa!

O novo plano de investimentos da Petrobras na visão do empresariado do ES
Economia e Negócios

05/12/2023 - O novo plano de investimentos da Petrobras na visão do empresariado do ES

Anunciado no final do mês passado, o plano de investimentos da Petrobras para os anos de 2024 a 2028 soma US$ 102 bilhões (quase meio trilhão de reais), 31% acima do pacote atual (2023 a 2027). O setor de exploração e produção vai abocanhar 72% disso tudo. O foco central seguirá sendo no pré-sal. Fora a plataforma Maria Quitéria, que começa a operar no Parque das Baleias, Sul do Estado, em 2025, nenhum grande projeto da maior área da Petrobras para o Espírito Santo pelo menos até 2028. Diante disso, onde é possível avançar? Na avaliação de empresários e entidades ligados à indústria de energia do Estado, o investimento em projetos de baixo carbono precisa ganhar protagonismo por aqui. A principal mudança em relação ao plano anterior da Petrobras é o investimento em geração eólica e solar. Os detalhes você acompanha na análise do comentarista Abdo Filho. 

Antigo saguão do Aeroporto de Vitória será destinado para cargas
Economia e Negócios

28/11/2023 - Antigo saguão do Aeroporto de Vitória será destinado para cargas

Nesta edição do "Economia e Negócios", o comentarista Abdo Filho traz como destaque a informação de que a inauguração do novo terminal de cargas da Azul no Aeroporto de Vitória é o primeiro passo de uma série de intervenções que transformarão o antigo saguão de passageiros, na avenida Fernando Ferrari e outros espaços do entorno em um grande hub de cargas nacionais e internacionais. A unidade da Azul inaugurada na última semana possui 2.465 m². Um espaço com mais de 6 mil m², o resto do antigo terminal de passageiros, está sendo reformado pela Zurich Airport Brasil, concessionária responsável pelo terminal de Vitória, e será ofertado ao mercado.

Governo quer a instalação de usinas de dessalinização no litoral do ES
Economia e Negócios

21/11/2023 - Governo quer a instalação de usinas de dessalinização no litoral do ES

O governo do Espírito Santo pretende colocar de pé, até janeiro, um modelo para a atração de empresas, do Brasil e de fora, com tecnologia para montarem usinas de dessalinização ao longo dos mais de 400 quilômetros do litoral capixaba. O objetivo é ter um novo vetor relevante de oferta de água no Estado e dar conforto para a expansão industrial e do agronegócio sem riscos de disputa com o consumo humano. A ideia é que, na primeira rodada, sejam implantadas duas usinas. Agora, estão em análise o tamanho, os locais de implantação (Grande Vitória, Litoral Norte ou Litoral Sul) e a modelagem. Hoje, no Estado, há uma usina de dessalinização, instalada dentro da ArcelorMittal Tubarão. É, por enquanto, a maior do Brasil, com 500 m³ de água produzida por hora. Uma gota no oceano. O objetivo é multiplicar essa produção com usinas ao longo do litoral capixaba. Até 2026, em Fortaleza (CE), será inaugurada uma unidade com capacidade para processar 3.600 m³ de água por hora. Um investimento de R$ 500 milhões. Ouça a participação do comentarista Abdo Filho. 

Operadoras de cruzeiro querem o ES, afirma presidente de associação
Economia e Negócios

14/11/2023 - Operadoras de cruzeiro querem o ES, afirma presidente de associação

Nesta edição do "Economia e Negócios", o comentarista Abdo Filho traz como destaque a informação de que Marco Ferraz, presidente da Clia (Cruise Lines International Association) Brasil, esteve em Vitória, na última segunda-feira (13), para o evento de assinatura do contrato com a USP para a contração dos estudos que irão apontar o local exato para a ancoragem de navios de cruzeiro em Vitória. As embarcações, que cresceram muito na última década, não conseguem mais ingressar na Baía de Vitória. A possibilidade de o Espírito Santo voltar ao mercado depois de mais de uma década sem receber um cruzeiros, agrada muito os operadores.

Recorde histórico: exportação de café supera a de celulose no ES
Economia e Negócios

07/11/2023 - Recorde histórico: exportação de café supera a de celulose no ES

Nesta edição do "Economia e Negócios", o comentarista Abdo Filho traz como destaque a notícia de que as exportações de café - arábica e conilon - aqui do Espírito Santo estão tendo, no decorrer de 2023, uma forte expansão. Tão forte que, pela primeira vez em muitos anos, elas superam, em valor, as de celulose no agregado do ano. Entre janeiro e setembro de 2022, foram vendidas, aqui no Estado, 120,7 mil toneladas de café. Em 2023, no mesmo período, foram 201,1 mil toneladas, crescimento de 66,6%.  Os dados são da Secretaria de Estado da Agricultura. O comentarista também traz como destaque a informação de que Robinson Barreirinhas, secretário da Receita Federal, é aguardado, no dia 15 de dezembro, em Vitória. Virá explicar e ouvir sugestões sobre a reestruturação pela qual vai passar o Fisco. A promessa dada à bancada federal do Espírito Santo, a representantes do setor produtivo (Sindiex, Fecomércio, Findes, ES em Ação, Fetransportes, Federação da Agricultura e Sincades) e aos trabalhadores (Sindicato dos Despachantes Aduaneiros), em reunião realizada na última semana, é de que não haverá qualquer mudança na estrutura da Alfândega do Porto de Vitória, grande preocupação dos capixabas, sem uma conversa prévia. Ouça a conversa completa!

Mudanças na Receita Federal podem esvaziar a atuação da alfândega em Vitória
Economia e Negócios

31/10/2023 - Mudanças na Receita Federal podem esvaziar a atuação da alfândega em Vitória

Nas próximas semanas, o governo federal deve anunciar mudanças na estrutura da Receita Federal, órgão responsável pelos tributos federais e controle aduaneiro. Diante dessa possibilidade, a perda da Alfândega do Porto de Vitória é uma das preocupações do governador Renato Casagrande. Este é o tema em destaque nesta edição do "Economia e Negócios", com o comentarista Abdo Filho. Ouça a conversa completa!

Reforma tributária: o que preocupa o ES no texto que será lido no Senado
Economia e Negócios

24/10/2023 - Reforma tributária: o que preocupa o ES no texto que será lido no Senado

Nesta edição do "Economia e Negócios", o comentarista Abdo Filho traz como destaque a informação de que o relator da reforma tributária no Senado, Eduardo Braga (MDB-AM), deve fazer a leitura do seu relatório esta semana. Trata-se de um assunto bastante amplo e com impactos de grande repercussão. O governo do Espírito Santo observa alguns pontos com mais atenção: Conselho Federativo, Fundo de Desenvolvimento Regional, alíquota do IBS (Imposto sobre Bens e Serviços) e o fundo que será criado, em caráter temporário, para ressarcir as empresas que hoje possuem incentivo fiscal. Ouça a análise!

Novo PAC promete R$ 66 bi em obras e serviços para o ES
Economia e Negócios

17/10/2023 - Novo PAC promete R$ 66 bi em obras e serviços para o ES

O Novo Programa de Aceleração do Crescimento (Novo PAC) pelo governo federal, promete a destinação de R$ 65,9 bilhões em investimentos para o Espírito Santo em obras e serviços. A estimativa é de que os recursos sejam aplicados até o ano de 2026. No conjunto estão obras de mobilidade, como a concessão/duplicação da BR 262; a construção do contorno do Mestre Álvaro, na BR 101/ES; a barragem do Rio Jucu, em Vila Velha; o novo Hospital Geral de Cariacica e moradias do Minha Casa, Minha Vida. 

O Porto de Vitória vai mudar de patamar, afirma CEO da Vports
Economia e Negócios

03/10/2023 - O Porto de Vitória vai mudar de patamar, afirma CEO da Vports

Fez um ano, no dia 21 de setembro, que o Porto de Vitória está sendo administrado pela iniciativa privada. A Vports, empresa que assumiu o lugar da antiga Codesa, foi montada pela Quadra Capital, gestora que venceu o leilão de concessão realizado em março do ano passado. A expectativa é de mudar o complexo de patamar em um curto espaço de tempo com os investimentos que estão sendo feitos, as mudança nos processos e estratégia. "Hoje, movimentamos 8 milhões de toneladas por ano, em cinco anos poderemos chegar a 13 milhões de toneladas. Só a melhoria das conexões ferroviárias nos ajudarão muito, mudaremos de patamar", aponta Ilson Hulle, CEO da Vports. O comentarista Abdo Filho, nesta edição do "Economia e Negócios", traz detalhes da conversa que teve com ele.

Tradicional clube de Guarapari é vendido por R$ 25 milhões
Economia e Negócios

26/09/2023 - Tradicional clube de Guarapari é vendido por R$ 25 milhões

Nesta edição do "Economia e Negócios", o comentarista Abdo Filho traz como destaque a informação que o empresário Maely Coelho segue avançando com seus negócios imobiliários e fechou a compra do Siribeira Iate Clube, no Centro de Guarapari, por R$ 25 milhões. A transação se deu diretamente com os sócios da instituição fundada em 1947, passando pela diretoria administrativa, pelo Conselho Deliberativo e pela Assembleia Geral.
Localizado em uma das áreas mais valorizadas de Guarapari, entre as praias das Castanheiras e Areia Preta, um estudo foi encomendado para apontar qual é o melhor investimento a ser feito. Em dificuldades financeiras há alguns anos, o Siribeira chegou a ter seu leilão anunciado em julho de 2022, mas acabou suspenso pelo Tribunal de Justiça do Espírito Santo. Ouça a conversa completa!

ES é estratégico para Brasil ter gás competitivo, diz presidente da Petrobras
Economia e Negócios

19/09/2023 - ES é estratégico para Brasil ter gás competitivo, diz presidente da Petrobras

A Petrobras possui duas unidades de tratamento de gás no Espírito Santo, uma em Linhares e outra em Anchieta, que estão praticamente ociosas. Juntas, elas têm a capacidade de processar 20 milhões de m³ por dia, mas só algo perto de 20% disso está sendo utilizado. Diante de uma pressão da indústria e do próprio governo federal para que a estatal amplie a oferta de gás ao mercado, o parque capixaba tornou-se mais do que estratégico. O presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, que esteve nesta segunda-feira (18) em Vitória, disse que o gás brasileiro tem o desafio de ser viável economicamente e que a infraestrutura capixaba é estratégica. Este é o tema em destaque nesta edição do "Economia e Negócios", com o comentarista Abdo Filho. Ouça a conversa completa!

Renegociação do contrato da 101 no ES: proposta está pronta e vai para o TCU
Economia e Negócios

12/09/2023 - Renegociação do contrato da 101 no ES: proposta está pronta e vai para o TCU

Nesta edição do "Economia e Negócios", o comentarista Abdo Filho traz como destaque a informação de que está pronta a proposta que será entregue ao Tribunal de Contas da União (TCU) para dar início à renegociação do contrato de concessão do trecho da BR 101 que corta o Espírito Santo. O documento elaborado por Ministério dos Transportes, Agência Nacional dos Transportes Terrestres (ANTT) e EcoRodovias chegará à Secretaria de Solução Consensual e Prevenção de Conflitos do TCU nas próximas horas. O órgão, que funciona como uma câmara de arbitragem, será responsável pela avaliação do documento elaborado por concedente (ANTT) e concessionária (EcoRodovias) sob a supervisão do ministro dos Transportes, Renan Filho.

Mercado imobiliário: Vitória "cria" novas áreas e mostra força para crescer
Economia e Negócios

05/09/2023 - Mercado imobiliário: Vitória "cria" novas áreas e mostra força para crescer

Vitória, considerada a "joia" da coroa imobiliária do Estado, está, diante da falta de espaços disponíveis, se reinventando. Há boas oportunidades, por exemplo, no eixo Enseada-Ilha de Santa Maria, no Centro, na Serafim Derenzi e no entorno do Aeroporto. Este é um dos temas em destaque nesta edição do "Economia e Negócios", com o comentarista Abdo Filho. O comentarista trouxe o assunto no terceiro e último episódio do videocast "Mercado imobiliário: é hora de entrar", sobre os rumos do mercado de imóveis do Espírito Santo, produzido por A Gazeta. Diante disso, como aproveitar as melhores oportunidades? Abdo conversou com Juarez Gustavo Soares, ex-presidente da Ademi e consultor do mercado, e Sandro Carlesso, ex-presidente da Ademi e diretor da Impacto Engenharia, sobre o assunto. Ouça a conversa completa!

Zema vem ao ES em busca de acordo sobre o desastre de Mariana
Economia e Negócios

29/08/2023 - Zema vem ao ES em busca de acordo sobre o desastre de Mariana

Nesta edição do "Economia e Negócios", o comentarista Abdo Filho traz como destaque a notícia de que o governador de Minas Gerais, Romeu Zema, almoçou, nesta segunda-feira (28), no Palácio Anchieta, com o governador Renato Casagrande e com o vice Ricardo Ferraço.

Juros baixos e volta do crescimento: para onde vai o mercado imobiliário no ES
Economia e Negócios

22/08/2023 - Juros baixos e volta do crescimento: para onde vai o mercado imobiliário no ES

Nesta edição do "Economia e Negócios", o comentarista Abdo Filho traz como destaque os rumos do mercado imobiliário no Espírito Santo. Ele conversou com Alexandre Schubert de Azevedo, diretor da Associação das Empresas do Mercado Imobiliário do Espírito Santo (Ademi) e sócio da VTO Polos Empresariais, e Paulo Henrique Corrêa, sócio da Valor Investimentos, sobre o assunto. Este também é um dos destaques do primeiro episódio do videocast de A Gazeta, "Mercado imobiliário: é hora de entrar". Outro destaque da conversa de hoje é que a repactuação do contrato de concessão do trecho da BR 101 que corta o Espírito Santo está a pleno vapor e vem sendo tratada em total segredo pelas partes – Agência Nacional dos Transportes Terrestres (ANTT), Ministério dos Transportes e EcoRodovias. 

Estrada de Ferro Rio-Vitória deve entrar no Plano Ferroviário Nacional
Economia e Negócios

15/08/2023 - Estrada de Ferro Rio-Vitória deve entrar no Plano Ferroviário Nacional

Nesta edição do "Economia e Negócios", o comentarista Abdo Filho traz como destaque a notícia de que o Ministério dos Transportes deve lançar em breve um pacote de ações para destravar a ampliação e a renovação da malha ferroviária do país. É o Plano Ferroviário Nacional. Trata-se de um conjunto de ações que envolverão novas concessões, autorizações de investimento privado, parcerias público-privadas, investimentos diretos do governo federal e uma rediscussão sobre as renovações antecipadas. Dentro disso aí deve estar a engenharia financeira para tirar a Estrada de Ferro Rio-Vitória do papel. Ela é fundamental para o Espírito Santo não seguir exclusivamente dependente da Vitória-Minas e para conectar portos importantes como o Central, projetado para Presidente Kennedy, aos grandes centros de consumo e produção do país. Ouça a análise do comentarista Abdo Filho. 

Centro de distribuição da RaiaDrogasil, em Viana, será o mais moderno do país
Economia e Negócios

09/08/2023 - Centro de distribuição da RaiaDrogasil, em Viana, será o mais moderno do país

A RaiaDrogasil, dona da maior rede de farmácias do Brasil - são mais de 2,5 mil lojas e faturamento que supera os R$ 25 bi -, vai fazer o seu mais moderno centro de distribuição em Viana. Um investimento de R$ 60 milhões que começa a sair do papel no mês que vem e estará em operação no primeiro semestre de 2024. O armazém de 8 mil m² vai ficar no Log II, complexo logístico da MRV. Serão 800 metros de esteiras automatizadas e boa parte da operação tocada por robôs. Conheça mais detalhes do empreendimento com o colunista Abdo Filho!

Ferrovia Vitória-Rio em pauta com ministro dos Transportes
Economia e Negócios

01/08/2023 - Ferrovia Vitória-Rio em pauta com ministro dos Transportes

Nesta edição do "Economia e Negócios", o comentarista Abdo Filho traz como destaque a notícia que nesta quarta-feira (02), o governador Renato Casagrande estará em Brasília para uma agenda com o ministro dos Transportes, Renan Filho. Um dos temas da conversa é a ferrovia Vitória-Rio. A Vale tem o compromisso de entregar pronto o trecho entre Santa Leopoldina e Ubu, em Anchieta. A expectativa é de obra esteja pronta até 2030. Essa primeira parte, cuja viabilidade econômica está escorada na operação da Samarco, ao que parece, está encaminhada. A questão é o que será feito daí para frente. A Vale, a pedido do governo do Espírito Santo, se comprometeu a fornecer o projeto de engenharia e todos os estudos ambientais do trecho entre Anchieta e Presidente Kennedy.

Apostas esportivas: o que mudará para apostadores e empresas com novas regras?
Economia e Negócios

27/07/2023 - Apostas esportivas: o que mudará para apostadores e empresas com novas regras?

O Ministério da Fazenda deu o primeiro passo nesta semana para regulamentar os sites de apostas esportivas no Brasil, com o envio de uma Medida Provisória (MP) ao Congresso Nacional. Esse mercado vive um boom de crescimento no país desde 2018, quando os sites foram liberados para operar no país e logo passaram a patrocinar quase todos os principais times de futebol, masculinos e femininos. A esperada regulamentação vai permitir que o governo passe a taxar empresas e apostadores. Além disso, vai permitir uma maior fiscalização sobre o setor, para coibir a atuação de sites ilegais e a manipulação de resultados. O comentarista Celso Bissoli trata do assunto nesta edição do Economia do Cotidiano. Ouça a conversa completa!

Condomínio logístico de R$ 300 milhões começa a ser construído em Cariacica
Economia e Negócios

25/07/2023 - Condomínio logístico de R$ 300 milhões começa a ser construído em Cariacica

Nesta edição do “Economia e Negócios”, o comentarista Abdo Filho traz como destaque a notícia de que em agosto começam as obras do condomínio logístico Areia Branca, mais um gigante deste mercado que só faz crescer no Espírito Santo. O empreendimento, um investimento de R$ 300 milhões, ficará na Rodovia do Contorno, no trecho de Cariacica, em uma área de 320 mil m². Serão 170 mil m² de área bruta locável, tudo no padrão triple A. O Areia Branca tem cinco sócios (três do Estado e dois de Minas Gerais), foi desenvolvido pela TX Negócios e será tocado em três fases. A primeira, com 60 mil m², será inaugurada em abril de 2024. As outras duas, com 60 mil m² e 50 mil m², respectivamente, virão na sequência.

Zurich fecha acordos e projeto do entorno do Aeroporto começa a andar
Economia e Negócios

18/07/2023 - Zurich fecha acordos e projeto do entorno do Aeroporto começa a andar

A Zurich Airport do Brasil, concessionária responsável pelo Aeroporto de Vitória até 2048, já tem cinco contratos assinados com empresas que vão operar na área do entorno do terminal. Os anúncios serão feitos ao longo dos próximos meses, de acordo com os interesses dos operadores. Este é o tema em destaque nesta edição do "Economia e Negócios", com o comentarista Abdo Filho.

Concessionária poderá fazer hotel e shopping no Pavilhão de Carapina
Economia e Negócios

11/07/2023 - Concessionária poderá fazer hotel e shopping no Pavilhão de Carapina

Nesta edição do "Economia e Negócios", o comentarista Abdo Filho traz como destaque a notícia de que a Secretaria de Turismo do Estado publicou, nesta segunda-feira (10), o edital para a concessão do Pavilhão de Carapina à iniciativa privada. O contrato valerá por 30 anos e a outorga mínima é de R$ 4,5 milhões. A abertura das propostas se dará no dia 31 de agosto e a expectativa é de que o concessionário assuma o espaço até o final do ano.

Rede Supermercados BH assume Epa e inaugura primeiras lojas no ES
Economia e Negócios

04/07/2023 - Rede Supermercados BH assume Epa e inaugura primeiras lojas no ES

Nesta edição do "Economia e Negócios", o comentarista Abdo Filho traz como destaque a notícia de que a rede Supermercados BH, a quinta maior no Brasil, começou a operar oficialmente no Espírito Santo. As primeiras lojas com a bandeira da marca, as duas na Serra, já estão funcionando em Laranjeiras. A transição das marcas EPA Supermercados e Mineirão Atacarejo para Supermercados BH e BH Atacado e Varejo, respectivamente, foi iniciada no último sábado (01). Ao longo do mês, todas as 34 lojas EPA e Mineirão passarão a funcionar sob a nova bandeira. Enquanto tem novo grupo chegando ao Espírito Santo, a notícia de despedida é da única loja da livraria Saraiva fechando a sua unidade capixaba. Ouça detalhes na participação do comentarista. 

Aeroporto de Vitória: Azul fará terminal de cargas no antigo saguão
Economia e Negócios

27/06/2023 - Aeroporto de Vitória: Azul fará terminal de cargas no antigo saguão

Nesta edição do "Economia e Negócios", o comentarista Abdo Filho traz como destaque a notícia de que parte do antigo saguão de passageiros do Aeroporto de Vitória, desativado em 2018, vai virar o novo terminal de cargas doméstico (Teca) da Azul. Zurich Airport Brasil, concessionária responsável pelo espaço e a aérea assinaram o acordo na semana passada. A expectativa é de que a operação comece até o final do ano. O antigo terminal de passageiros de Vitória tem 5,3 mil m² de área construída, O armazém da Azul terá 2,5 mil m². 

Em carta, empresários apoiam reforma tributária, mas pedem atenção com o ES
Economia e Negócios

20/06/2023 - Em carta, empresários apoiam reforma tributária, mas pedem atenção com o ES

Nesta edição do "Economia e Negócios", o comentarista Abdo Filho traz como destaque a informação de que presidentes das mais importantes entidades empresariais do Espírito Santo – Nailson Dalla Bernadina (ES em Ação), Renan Chieppe (Fetransportes), Cris Samorini (Findes), Julio Rocha (Federação da Agricultura) e Idalberto Moro (Fecomércio) – subscrevem uma carta onde são apresentados pontos da reforma tributária. A apresentação aconteceu nesta segunda-feira (19), na Assembleia Legislativa do Espírito Santo. O documento de três páginas é todo em apoio à reforma. "Sabemos que há divergências setoriais em alguns aspectos do debate, mas nossa defesa será sempre em favor da competitividade do nosso país". Entretanto, existe um outro recado que o empresariado local quer passar para Brasília, a preocupação com uma possível perda de competitividade e atratividade da economia capixaba por conta do fim dos incentivos fiscais. Não que todos morram de amores pelos benefícios, mas o que virá no lugar? Qual será a nova política de desenvolvimento? Ouça detalhes na participação do comentarista. 

Duplicação da BR 262 no Espírito Santo dá mais um passo
Economia e Negócios

13/06/2023 - Duplicação da BR 262 no Espírito Santo dá mais um passo

O ministro dos Transportes, Renan Filho, assina, nesta terça-feira (13), a contratação da empresa que fará o projeto de duplicação da BR 262 no Espírito Santo. A assinatura será em Brasília, no gabinete do ministro, e deve contar com a presença de toda a bancada capixaba. Trata-se de uma das obras de infraestrutura mais aguardadas pelos capixabas, afinal, a rodovia, há pelo menos 20 anos, não comporta o trânsito diário de veículos e cargas. Já foram várias tentativas de obras e concessões, mas nada foi adiante. A contratada terá de entregar os projetos de engenharia para a ampliação das pistas e demais intervenções. Além disso, a empresa terá de elaborar o relatório de impacto ambiental da obra que irá de Viana (Km 15,9) até Irupi (Km 196,5). Serão 30 meses de trabalho a um custo aproximado de R$ 35 milhões. Os detalhes você confere na participação do comentarista Abdo Filho.

Vports quer iniciar obras nos galpões do Centro de Vitória até julho
Economia e Negócios

06/06/2023 - Vports quer iniciar obras nos galpões do Centro de Vitória até julho

A Vports, antiga Codesa, pretende iniciar os trabalhos de revitalização dos galpões do porto, no Centro de Vitória, até o mês de julho. As empresas responsáveis por tocar o projeto e as obras já estão contratadas. Ainda faltam algumas licenças e os detalhes finais estão sendo tocados, a expectativa é de que tudo esteja acertado nos próximos dias. Toda a estrutura - da calçada ao telhado - será recuperada. Esta é uma das exigências do contrato de concessão entre governo federal e Quadra Capital, gestora responsável pelo complexo portuário de Vitória desde setembro do ano passado. A Vports foi a empresa criada pela Quadra para cuidar do terminal. Os tapumes, já com a perspectiva de como ficará o espaço, começam a ser instalados nas próximas semanas. A Vports ainda não fechou qual será a destinação dos armazéns. A tendência é de que uma parte deles seja dedicada à atividade portuária tradicional e outra fique para atividades culturais e de entretenimento. Ouça detalhes na participação do comentarista Abdo Filho. 

Missão estrangeira vem ao ES conhecer potencial do café capixaba
Economia e Negócios

23/05/2023 - Missão estrangeira vem ao ES conhecer potencial do café capixaba

Nesta edição do "Economia e Negócios", o comentarista Abdo Filho traz como destaque a notícia de que dirigentes de entidades e executivos de grandes empresas do café de Estados Unidos e Europa darão uma rodada por propriedades e agroindústrias do Espírito Santo, na próxima semana, para conhecerem de perto o que tem sido feito por aqui. Estão confirmadas as presenças de Bill Murray (presidente da Associação da Indústria do Café dos Estados Unidos), Hannelore Beerlandt (conselheira sobre café da Comissão Europeia - Sistemas Alimentares Sustentáveis e Resilientes) e mais três executivos da gigante italiana Lavazza. O presidente do Cecafé (Conselho dos Exportadores de Café do Brasil), Márcio Cândido Ferreira, que até o final do ano passado presidiu o Centro do Comércio de Café de Vitória, acompanhará a comitiva. O grupo estará no Brasil para o Coffee Dinner&Summit, organizado pelo Cecafé e que será realizado na próxima quinta (25) e sexta-feira (26), em São Paulo. Na sequência, virão para o Espírito Santo. A comitiva irá conhecer a produção de café conilon, mais concentrada no Norte e Noroeste capixaba, e de arábica, que fica nas montanhas das regiões Sul e Serrana. O parque de beneficiamento de café, que vem ganhando muita força na região de Linhares, também estará na rota. Ouça a conversa completa!

Centro de distribuição do Mercado Livre começa a operar em Linhares
Economia e Negócios

16/05/2023 - Centro de distribuição do Mercado Livre começa a operar em Linhares

O Mercado Livre, gigante do comércio eletrônico, iniciou a operação de um centro de distribuição em Linhares, na antiga área da União Engenharia, às margens da BR 101, já perto de Sooretama. Foram abertos 60 postos de trabalho diretos e 200 indiretos. O espaço de 5,2 mil m² vai atender todo o Norte/Noroeste do Espírito Santo, de João Neiva até a divisa com a Bahia. Este é o tema em destaque nesta edição do "Economia e Negócios", com o comentarista Abdo Filho.

Indústria 4.0: alta tecnologia vai dominar investimento na Garoto
Economia e Negócios

09/05/2023 - Indústria 4.0: alta tecnologia vai dominar investimento na Garoto

O investimento de R$ 430 milhões, anunciado pela Nestlé na última quinta-feira (04), fará da fábrica da Garoto, em Vila Velha, uma das mais modernas do mundo. Do total de recursos, algo perto de R$ 280 milhões irão para equipamentos com altíssima tecnologia embarcada. A inteligência artificial ganhará ainda mais espaço dentro da unidade da Glória. A ampliação em 10% na capacidade da planta virá fundamentalmente daí. Este é o tema em destaque nesta edição do "Economia e Negócios", com o comentarista Abdo Filho.

BR 101 no ES: governo federal vai ao TCU buscar acordo com EcoRodovias
Economia e Negócios

02/05/2023 - BR 101 no ES: governo federal vai ao TCU buscar acordo com EcoRodovias

Nesta edição do “Economia e Negócios”, o comentarista Abdo Filho traz como destaque a informação de que o Ministério dos Transportes tomou a decisão de acionar a Secretaria de Solução Consensual e Prevenção de Conflitos do Tribunal de Contas da União (TCU), uma câmara de arbitragem criada pela instituição, para tentar um acordo entre as pontas do nó que virou a concessão do trecho da BR 101 que corta do Espírito Santo: o próprio Ministério dos Transportes, Agência Nacional dos Transportes Terrestres (ANTT) e a concessionária EcoRodovias. Tudo mediado pelo Tribunal de Contas e sob a supervisão do governo do Estado, que se sentará à mesa. A primeira reunião conciliação deve acontecer ainda na primeira quinzena de maio.

Desativação de poços de petróleo abre frente bilionária no ES
Economia e Negócios

25/04/2023 - Desativação de poços de petróleo abre frente bilionária no ES

Em um cenário em que a produção capixaba de óleo e gás vem encolhendo ano após ano, a notícia de que 751 poços serão desativados no Estado até 2026 não é para ser comemorada. Mas há o que se aproveitar desta informação, principalmente a indústria metalmecânica. Os 18 Programas de Descomissionamento de Instalações aprovados pela Agência Nacional do Petróleo vão gerar, pelas contas da Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes), R$ 2,45 bilhões em investimentos no Estado até o final de 2026. Este é o tema em destaque nesta edição do "Economia e Negócios", com o comentarista Abdo Filho.

Vale apresenta cronograma para ferrovia que vai ligar Grande Vitória ao Rio de Janeiro
Economia e Negócios

18/04/2023 - Vale apresenta cronograma para ferrovia que vai ligar Grande Vitória ao Rio de Janeiro

Nesta edição do “Economia e Negócios”, o comentarista Abdo Filho traz como destaque a informação de que representantes da Vale, governo do Estado, Federação das Indústrias do Espírito Santo e ES em Ação participaram, na última sexta-feira (14), da primeira reunião do grupo de trabalho montado para acompanhar a implantação da EF-118, ferrovia que vai ligar a Grande Vitória ao Rio de Janeiro. Os executivos da Vale (das áreas de Engenharia, Meio Ambiente e Regulação) apresentaram à equipe liderada pelo vice-governador Ricardo Ferraço um cronograma executivo, o projeto básico e os principais desafios a serem enfrentados para fazer o projeto decolar.

Solicitada pela Imetame, ZPE de Aracruz dá mais um passo
Economia e Negócios

11/04/2023 - Solicitada pela Imetame, ZPE de Aracruz dá mais um passo

Nesta edição do “Economia e Negócios”, o comentarista Abdo Filho traz como destaque a notícia de que a Zona de Processamento de Exportação (ZPE) que o Grupo Imetame pretende instalar ao lado do porto que a companhia está construindo em Barra do Riacho, em Aracruz, deu mais um importante passo para sair do papel. O Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços publicou o edital de chamamento público em busca de outras empresas, além da própria Imetame, interessadas na operação da ZPE. O prazo para a apresentação de projetos vai até o final de abril. Se houver mais de um interessado, será aberto processo seletivo para a escolha da empresa. Caso não haja, o pedido original da Imetame será submetido à apreciação do Conselho Nacional das Zonas de Processamento de Exportação (CZPE). Aprovada pelo CZPE, esta será a primeira Zona de Processamento de Exportação privada do país. Isso só foi possível a partir de uma mudança legal, que começou a vigorar em julho de 2021, que abriu a possibilidade de empresas proporem a criação de uma ZPE. Antes, apenas governadores e prefeitos poderiam entrar com o pedido junto ao Conselho. Ouça a conversa completa!

Dois grupos apresentam propostas para comprar a ES Gás
Economia e Negócios

28/03/2023 - Dois grupos apresentam propostas para comprar a ES Gás

Dois grupos apresentaram formalmente propostas para comprar a companhia responsável pela distribuição de gás no Espírito Santo, a ES Gás. A entrega dos envelopes se deu na manhã desta segunda-feira (27). Os nomes dos interessados e os valores ofertados só serão conhecidos na próxima sexta-feira (31), quando acontece o leilão. Dentro do governo do Estado, dono de 51% das ações (os outros 49% são da Vibra), as expectativas são positivas. Com duas propostas sobre a mesa, provavelmente haverá disputa na sexta, ampliando consideravelmente a possibilidade de haver ágio. A ES Gás foi avaliada pelo BNDES, responsável pela modelagem da privatização, em R$ 1,326 bilhão. Vibra e governo do Estado já anunciaram que venderão todas as suas ações. Portanto, tudo dando certo na sexta, o governo estadual pode colocar mais de R$ 600 milhões no bolso. Ao longo do último mês, período do roadshow (quando a ES Gás foi apresentada ao mercado), pelo menos quatro empresas se mostraram interessadas e procuraram formalmente os acionistas. Mas, ao final do prazo, foram duas propostas oficiais. O governador Renato Casagrande e o vice-governador Ricardo Ferraço irão a São Paulo acompanhar o leilão, que está marcado para a tarde de sexta-feira (31) na B3 (Bolsa de Valores de São Paulo). Este é o tema dessa edição do "Economia e Negócios", com o comentarista Abdo Filho. 

ArcelorMittal conclui compra de siderúrgica da Vale
Economia e Negócios

14/03/2023 - ArcelorMittal conclui compra de siderúrgica da Vale

Nesta edição do "Economia e Negócios", o comentarista Abdo Filho traz como destaque a notícia de que, na última quinta-feira (09), a ArcelorMittal Aços Planos concluiu a compra da Companhia Siderúrgica de Pecém (agora ArcelorMittal Pecém), no Ceará. Foram pagos US$ 2,2 bi aos antigos sócios: Vale (50%), Dongkuk (30%) e Posco (20%). A nova unidade ampliará a capacidade da multinacional de produzir placas de aço no Brasil em 3 milhões de toneladas por ano. Agora, o foco passa a ser agregar valor à produção. A fábrica de Tubarão, em Vitória, a maior da Arcelor no país, vai ampliar sua área de atuação.

Reajuste dos servidores no ES: as variáveis em análise pelo governo
Economia e Negócios

07/03/2023 - Reajuste dos servidores no ES: as variáveis em análise pelo governo

O governador Renato Casagrande confirmou nesta segunda-feira (06), em evento no Palácio Anchieta, que o valor do reajuste a ser dado aos servidores estaduais será definido agora em março e pago a partir de abril. Os técnicos do governo do Estado pretendem usar todo o tempo disponível para avaliar as muitas variáveis em cena e aguardar pelo menos algumas definições antes de apresentarem o percentual ideal, sob o ponto de vista técnico, ao governador. A palavra final, claro, será de Casagrande. Tema em destaque nesta edição do "Economia e Negócios", com o comentarista Abdo Filho.

Governo federal pede estudo para desestatizar BRs 101, 262 e 259 no ES
Economia e Negócios

28/02/2023 - Governo federal pede estudo para desestatizar BRs 101, 262 e 259 no ES

O Ministério dos Transportes publicou nesta segunda (27), no Diário Oficial da União, edital para a contratação da empresa que fará o Estudo de Viabilidade Técnica Econômica e Ambiental para estruturar a desestatização das principais rodovias federais que cortam o Espírito Santo: 101, 262 e 259. A extensão total das estradas é de 947,6 quilômetros. Se tudo der certo, o Espírito Santo estará dando um importante passo para desatar o seu grande nó de infraestrutura, avalia o comentarista Abdo Filho. Ouça a conversa completa!

Sudene e portos elevam pressão por mais infraestrutura em Aracruz
Economia e Negócios

21/02/2023 - Sudene e portos elevam pressão por mais infraestrutura em Aracruz

Está contratado para os próximos anos a ascensão de Aracruz, Norte do Estado, como um dos grandes polos logísticos do Espírito Santo e do Brasil. Portocel, antes focado apenas em celulose, está trabalhando forte para ampliar suas atividades e tem conseguido bons resultados. Diante do ótimo contexto, cresce a pressão, principalmente dos empresários da logística, para que as rodovias e a ferrovia que dão acesso a Aracruz sejam ampliadas e modernizadas. Nesta edição do Economia e Negócios, o comentarista Abdo Filho traz os destaques do cenário econômico capixaba, com as últimas informações sobre o setor portuário e de infraestrutura. Ouça a conversa completa!

Em visita ao ES, Arthur Lira fala sobre Reforma Tributária: "PEC do país, não do governo"
Economia e Negócios

15/02/2023 - Em visita ao ES, Arthur Lira fala sobre Reforma Tributária: "PEC do país, não do governo"

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), reeleito no último dia 1º de fevereiro, ficou por mais de duas horas, na manhã da última sexta-feira (10), visitando a Vitória Stone Fair, aqui no Espírito Santo. No final da passagem pelo Estado, já a caminho do Aeroporto, falou com exclusividade à coluna de Abdo Filho, sobre Reforma Tributária e independência do Banco Central. E mais: como importadoras de carros estão inovando no Espírito Santo.

Sucesso capixaba: Portocel manda equipamento desenvolvido no ES para porto da Holanda
Economia e Negócios

07/02/2023 - Sucesso capixaba: Portocel manda equipamento desenvolvido no ES para porto da Holanda

Nesta edição do Economia e Negócios, o colunista Abdo Filho traz os destaques do cenário econômico no Espírito Santo. O destaque é do setor portuário: a Portocel vai mandar para o porto holandês de Verbrugge um spreader automático, um equipamento para levantar cargas unitizadas. Ouça a conversa completa! Ouça a conversa completa!

Privatização da ES Gás: empresas do ES avaliam comprar a estatal
Economia e Negócios

31/01/2023 - Privatização da ES Gás: empresas do ES avaliam comprar a estatal

Pelas contas do governo do Estado, o leilão da ES Gás na B3 deve se dar entre o final de março e o início de abril. Com a data se aproximando, começam a surgir cada vez mais interessados na companhia, avaliada em R$ 1,3 bilhão, responsável pela distribuição de gás natural no Espírito Santo. Entre os que já fizeram contato com o governo do Estado em busca de informações estão grandes empresas daqui do Estado ligadas ao setor de infraestrutura e logística. O governador Renato Casagrande não fala em nomes. Tema para Abdo Filho, nesta edição do Economia e Negócios. Ouça a conversa completa!

Em carta aos capixabas, Casagrande garante responsabilidade fiscal e social
Economia e Negócios

24/01/2023 - Em carta aos capixabas, Casagrande garante responsabilidade fiscal e social

Em um cenário ainda de muita nebulosidade sobre os rumos da economia, principalmente sobre que tipo de política fiscal que será adotada no novo mandato de Lula, o governo do Espírito Santo resolveu publicar uma carta assumindo alguns compromissos importantes na área. O documento de nove páginas será divulgado para a sociedade nesta terça-feira (24). Subscrevem a carta o governador Renato Casagrande, o vice-governador Ricardo Ferraço e o secretário da Fazenda, Marcelo Altoé. Este é o tema em destaque nesta edição do “Economia e Negócios”, com o comentarista Abdo Filho. Confira quais serão os destaques!

De olho em 2023: como o ES pode aproveitar as boas oportunidades?
Economia e Negócios

20/12/2022 - De olho em 2023: como o ES pode aproveitar as boas oportunidades?

O ano de 2022 foi confuso (eleições, fake news, polarização política, guerra de narrativas e guerra real), mas também foi um ano para mostrar que o Brasil e o Espírito Santo são lugares promissores sob vários aspectos, inclusive econômicos. Cabe a nós "apenas" não tropeçarmos nas nossas próprias pernas. Esta é análise em destaque com o comentarista Abdo Filho, nesta edição do "Economia e Negócios". Mas que oportunidades são essas e como o Espírito Santo e o Brasil estão posicionados?

ES assume liderança no ranking de exportação de pimenta-do-reino
Economia e Negócios

13/12/2022 - ES assume liderança no ranking de exportação de pimenta-do-reino

O Espírito Santo é hoje o maior exportador de pimenta-do-reino no Brasil. O Pará, tradicional produtor da especiaria, ficou para trás. Tendo em vista que o Brasil é o segundo maior exportador do mundo, com 15% do mercado, não é pouca coisa. A Nater Coop, antiga Coopeavi, escreveu mais uma importante página em sua história de 58 anos. Chega nos próximos dias ao Egito a primeira carga de pimenta-do-reino exportada pela cooperativa. São 54 toneladas de pimenta padrão Asta, a de melhor qualidade, produzidas em Vila Valério, Noroeste do Espírito Santo. Os grãos saíram pelo porto de Itaguaí (RJ) e vão chegar ao país africano pelo porto de Damietta. Este é um dos temas em destaque nesta edição do "Economia e Negócios", com o comentarista Abdo Filho.

ES terá novo plano de desenvolvimento para o mercado agro
Economia e Negócios

06/12/2022 - ES terá novo plano de desenvolvimento para o mercado agro

Nesta edição do "Economia e Negócios", o comentarista Abdo Filho traz como destaque a notícia de que Ricardo Ferraço, vice-governador eleito do Espírito Santo e já anunciado como futuro secretário de Estado de Desenvolvimento, pretende colocar de pé, no decorrer de 2023, um plano de desenvolvimento específico para o agronegócio capixaba. O projeto ainda não foi batizado, mas seguiria os mesmos moldes do antigo Plano Estratégico de Desenvolvimento da Agricultura Capixaba (Pedeag), que teve três edições. A última foi em 2015, a primeira, de 2003, foi executada quando Ricardo era secretário de Agricultura, no primeiro governo Paulo Hartung.

Com 100% da capacidade, Marcopolo investe na unidade de São Mateus
Economia e Negócios

30/11/2022 - Com 100% da capacidade, Marcopolo investe na unidade de São Mateus

Nesta edição do “Economia e Negócios”, o comentarista Abdo Filho traz como destaque a notícia de que ainda não é a esperada expansão da fábrica, mas a Marcopolo, diante do crescimento da demanda por ônibus, tem feito investimentos constantes para aumentar a produtividade de sua unidade em São Mateus. Entre agosto e outubro, a companhia aportou R$ 14,5 milhões em várias de suas fábricas, grande parte disso, R$ 8 milhões, foi injetado na Volare Veículos, situada no Norte do Espírito Santo.

BR 101: Estado e EcoRodovias assinam acordo de confidencialidade
Economia e Negócios

22/11/2022 - BR 101: Estado e EcoRodovias assinam acordo de confidencialidade

Nesta edição do "Economia e Negócios", Abdo Filho traz como destaque a notícia de que o governo do Espírito Santo e a EcoRodovias assinam esta semana um acordo de confidencialidade para começarem a trocar informações sobre o trecho da BR 101 que corta o Espírito Santo. A EcoRodovias, atual concessionária, anunciou em julho passado que irá devolver o ativo ao governo federal. O governo do Estado, com o objetivo de não deixar que as obras percam ainda mais o ritmo, estuda assumir a concessão de maneira transitória e depois repassar novamente à iniciativa privada. Ouça detalhes na participação do comentarista Abdo Filho.

Mercedes negocia primeiros caminhões autônomos feitos com startup capixaba
Economia e Negócios

08/11/2022 - Mercedes negocia primeiros caminhões autônomos feitos com startup capixaba

Nesta edição do "Economia e Negócios", o comentarista Abdo Filho traz como destaque a notícia de que a Lume Robotics, startup de Vitória, foi um dos destaques no primeiro dia da Fenatran, a maior feira de transporte e logística rodoviária do Brasil, aberta na segunda-feira (07) em São Paulo. A Mercedes-Benz anunciou a comercialização dos primeiros caminhões com automação nível quatro construídos no Brasil. O trabalho foi feito em parceria com a Lume, que é especializada em redes neurais profundas, inteligência artificial, visão computacional e robótica autônoma. A compradora, a fabricante de produtos de limpeza Ypê, receberá o primeiro caminhão agora em novembro e os outros três no começo do ano que vem. Os níveis de automação vão de zero a cinco.

Os primeiros pedidos de Casagrande para Lula
Economia e Negócios

01/11/2022 - Os primeiros pedidos de Casagrande para Lula

O governador reeleito do Estado, Renato Casagrande (PSB), ainda não conseguiu falar com o presidente eleito – pelo menos até o início da tarde de segunda-feira (31) – Luiz Inácio Lula da Silva (PT), mas já entrou em contato com assessores próximos do petista para estabelecer as pontes e apresentar as primeiras demandas, que, por sinal, já estão na ponta da língua. "Primeiro eu vou parabenizar o Lula, claro. É hora de parabenizar, mas já tenho as minhas demandas quando o momento oportuno chegar. Vou levar os problemas das BRs 262 e 101 e a questão da ferrovia (EF 118)", adiantou o governador. Todos projetos fundamentais para a infraestrutura do Estado e que dependem de uma sinalização e da boa vontade de Brasília. É sobre este tema que Abdo Filho trata nesta edição do "Economia e Negócios". Acompanhe.

Manato e Casagrande: como foi o encontro com o setor produtivo capixaba
Economia e Negócios

18/10/2022 - Manato e Casagrande: como foi o encontro com o setor produtivo capixaba

Como previsto, a sabatina organizada pelo setor produtivo - ES em Ação, Federação da Agricultura e Pecuária, Fecomércio, Findes e Fetransportes - para ouvir os candidatos ao Palácio Anchieta, Renato Casagrande e Carlos Manato, teve como pano de fundo a manutenção da responsabilidade fiscal e dos avanços institucionais obtidos nas últimas duas décadas pelo Espírito Santo. Tema para Abdo Filho, nesta edição do “Economia e Negócios”.

Nova opção aparece e governo do ES pode ser a solução para a BR 101
Economia e Negócios

11/10/2022 - Nova opção aparece e governo do ES pode ser a solução para a BR 101

O secretário estadual de Ciência, Tecnologia, Inovação, Educação Profissional e Desenvolvimento, Ricardo Pessanha, estará na semana que vem em Brasília para uma reunião com a diretoria da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). Em pauta a possibilidade de o governo capixaba comprar a concessão do trecho da BR 101 que corta o Espírito Santo da Ecorodovias, que, em julho passado, anunciou que devolveria a administração da via ao governo federal. O secretário quer entender o mecanismo utilizado pelo governo do Mato Grosso que, em acordo inédito, comprou, por meio da empresa estadual MT Par, a concessão da BR 163. "Vamos lá entender como foi feita a transferência da concessão da BR 163 da Odebrecht para o Estado do Mato Grosso. Entender os detalhes de como foi estruturada essa operação, para daí vermos se é possível fazer o mesmo aqui com a BR 101. Estamos estudando possibilidades para resolver o problema de forma mais rápida do que simplesmente aguardar a realização de nova licitação de concessão, pois isso deve demorar muito. Após a reunião poderemos dizer se essa é uma proposta viável para o Estado do Espírito Santo", explicou Pessanha. Ouça a análise do comentarista Abdo Filho.

Alfândega: regionalização não irá tirar autonomia no Porto de Vitória
Economia e Negócios

04/10/2022 - Alfândega: regionalização não irá tirar autonomia no Porto de Vitória

Nesta edição do “Economia e Negócios”, Abdo Filho traz como destaque a informação de que representantes da Findes, Fecomércio, Federação da Agricultura, Fetransportes, ES em Ação e de mais 12 entidades ligadas ao comércio exterior do Espírito Santo entregaram, na última sexta-feira (30), um manifesto para o comando da Receita Federal deixando claro a contrariedade do setor produtivo capixaba com a possibilidade de esvaziamento da Alfândega capixaba.

Preocupados com mudanças na Receita, empresários do ES se mobilizam
Economia e Negócios

27/09/2022 - Preocupados com mudanças na Receita, empresários do ES se mobilizam

A informação de que a Receita Federal está em um processo interno de regionalização e que isso poderia chegar ao comando da Alfândega de Vitória preocupa o empresariado do Espírito Santo. Representantes de setores fortemente ligados ao comércio internacional, casos de Sincades (Sindicato do Comércio Atacadista e Distribuidor) e Sindiex (Sindicato do Comércio de Exportação e Importação), estão acompanhando de perto o andamento das conversas e já começaram a se mobilizar. Tema para Abdo Filho, nesta edição do "Economia e Negócios". Ouça a conversa completa!

Compra de aviões: empresários querem que Fisco dobre capacidade no ES
Economia e Negócios

13/09/2022 - Compra de aviões: empresários querem que Fisco dobre capacidade no ES

Nesta edição do “Economia e Negócios”, Abdo Filho traz como destaque a informação que nos últimos 15 anos o Espírito Santo se consolidou como a maior porta de entrada de aeronaves executivas do país. Incentivos fiscais, segurança jurídica, localização e boa infraestrutura criaram um ambiente muito atrativo para o negócio. “Algo perto de 80% das aeronaves destinadas a voos privados importadas pelo Brasil entram pelo Espírito Santo. Números levantados pelo Sindiex (Sindicato do Comércio de Exportação e Importação) mostram que, até agosto, foram faturados US$ 536,2 milhões por aqui (R$ 2,73 bi). A expectativa é superar os R$ 5 bi até o final do ano”, explica. “Diante de uma demanda que só faz e fará crescer, os empresários já iniciaram um movimento junto à Receita Federal para que haja mais slots (prazo dado pela autoridade entre o pouso e a decolagem) dedicados à nacionalização de aeronaves no Aeroporto de Vitória”, aponta. Ouça a conversa completa!

Novo presidente da Codesa promete porto de classe mundial e agilidade
Economia e Negócios

06/09/2022 - Novo presidente da Codesa promete porto de classe mundial e agilidade

Nesta edição do "Economia e Negócios" o destaque é a assinatura, que ocorreu nesta segunda-feira (05), do contrato de compra e venda da Codesa entre o governo federal e a Quadra Capital. A cerimônia contou com a presença do ministro da Infraestrutura, Marcelo Sampaio. Na prática, o complexo portuário, que possui áreas e operações em Vitória, Vila Velha e Barra do Riacho, deixa de ser administrado pela estatal e passa para as mãos da iniciativa privada. Ilson Hulle, executivo escolhido pela Quadra para assumir a presidência da Codesa, assinou o acordo em nome da Quadra, mas, por uma opção do comando da gestora, ele ainda não está falando abertamente sobre os rumos da companhia. Em seu discurso, deu algumas pistas sobre o que vem por aí. "Vamos investir o que for necessário no porto e nos tornar referência mundial rapidamente. Vai ser um processo rápido", afirmou Hulle, o que agradou bastante os empresários do comércio exterior presentes no evento. O executivo também prometeu uma gestão aberta. "Seremos um porto aberto, principalmente para as comunidades ao nosso redor. Vamos ser eficientes e modernos, com muito respeito às comunidades e ao meio ambiente". Ouça a conversa completa com o comentarista Abdo Filho!

Mercado aquecido: condomínio logístico de R$ 300 milhões será lançado em Cariacica
Economia e Negócios

30/08/2022 - Mercado aquecido: condomínio logístico de R$ 300 milhões será lançado em Cariacica

Nesta edição do “Economia e Negócios”, Abdo Filho traz como destaque a notícia de que a TX Negócios, empresa capixaba de soluções logísticas, a mineira RET, especializada em intermediação imobiliária, e a consultoria Múltipla estão viabilizando a construção de um condomínio logístico de grandes proporções na rodovia ES 080, próximo de Cariacica Sede. O Condomínio Imigrantes, em sua primeira fase, terá 200 mil m2 de área de armazenagem. Inicialmente serão investidos R$ 300 milhões. Ao final do projeto, estão previstas três fases, o aporte deve ultrapassar R$ 1 bi. Ouça a conversa completa!

Codesa privatizada: definido o nome do novo comandante do Porto
Economia e Negócios

23/08/2022 - Codesa privatizada: definido o nome do novo comandante do Porto

Ilson Hulle é o nome do próximo presidente da Codesa. Ele foi escolhido pela Quadra Capital, gestora que arrematou a Companhia Docas do Espírito Santo no leilão realizado em março, e terá o desafio de ser o primeiro presidente da empresa sob a gestão privada. Formado em Relações Internacionais pela UVV, Hulle é muito conhecido no Estado. Ele é diretor de Terminais da Log-In, empresa que é dona do Terminal de Vila Velha, grande operadora de carga de terceiros que atua em Capuaba, dentro da área da Codesa. A informação é do colunista Abdo. Filho. A assinatura do contrato de concessão está marcada para 12 de setembro. O consórcio FIP Shelf 119 Multiestratégia, gerido pela Quadra, foi o vencedor do leilão realizado em 30 de março deste ano na Bolsa de Valores de São Paulo. Os investidores pagaram R$ 106 milhões à União Federal, proprietária da Codesa, e se comprometeram a aportar mais R$ 850 milhões na ampliação e na modernização dos portos de Vitória e Barra do Riacho. O contrato é de 35 anos.

Privatização da ES Gás chega ao TCES: Vibra quer vender todas as suas ações
Economia e Negócios

16/08/2022 - Privatização da ES Gás chega ao TCES: Vibra quer vender todas as suas ações

Nesta edição do "Economia e Negócios", Abdo Filho traz como destaque a notícia de que o governador Renato Casagrande enviou, na tarde desta segunda-feira (15), um ofício ao presidente do Tribunal de Contas do Espírito Santo (TCES), Rodrigo Chamoun, solicitando análise da modelagem feita pelo BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) para a privatização da ES Gás. O governo do Espírito Santo possui 51% das ações e a Vibra (antiga BR Distribuidora) é detentora de 49%. O documento, traz o comentarista, tem algumas novidades. A principal delas é que a Vibra definiu também vender toda a sua participação na sociedade, assim como já tinha decidido o governo do Estado. Assim sendo, a sociedade de empresa será reestruturada em sua totalidade com a privatização. O BNDES fixou um valor econômico mínimo pela ES Gás: R$ 1.314.007.748,00 (um bilhão, trezentos e quatorze milhões, sete mil, setecentos e quarenta e oito reais). Os sócios esperam um ágio em relação ao mínimo fixado pela instituição federal. Se sair pelo menor valor, o governo do Estado colocará R$ 670,1 milhões no bolso para livre utilização. Um belo reforço no caixa para começar um ano que promete ser complicado do ponto de vista fiscal. A expectativa é de que o TCES leve, no máximo, três meses para avaliar a modelagem. É o último passo antes do leilão, ou seja, cumprido o prazo, a companhia poderia ser leiloada já em novembro deste ano. Ouça a analise do comentarista Abdo Filho.

ES não irá ao Supremo questionar ICMS dos combustíveis
Economia e Negócios

09/08/2022 - ES não irá ao Supremo questionar ICMS dos combustíveis

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, tomou a decisão de, por enquanto, não ir ao Supremo Tribunal Federal questionar as perdas de arrecadação causadas pela lei aprovada pelo Congresso que limitou, em 17% ou 18% o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) cobrado sobre itens como diesel, gasolina, energia elétrica, comunicações e transporte coletivo. Pelas contas da Secretaria da Fazenda do Espírito Santo, até o final do ano, o impacto na arrecadação de Estado (75%) e municípios (25%) será de R$ 1,14 bilhão. Secretários estaduais de Fazenda alegam que a lei fere princípios constitucionais como o pacto federativo. Na avaliação deles, a fixação de alíquota do principal imposto dos Estados viola a autonomia financeira e traz ônus excessivo e desproporcional aos cofres estaduais e municipais. De maneira liminar, São Paulo, Piauí, Alagoas e Maranhão conseguiram, no STF, compensar parte das perdas por meio de abatimento das prestações da dívida que têm com a União. Em outra frente, via ação direta de inconstitucionalidade (ADI), onze Estados e o Distrito Federal pedem a suspensão imediata da lei. No meio dessa guerra, o STF, a pedido do ministro Gilmar Mendes, montou uma comissão de conciliação com participação de Estados e União. Os trabalhos estão andando e devem terminar no começo de novembro. O Espírito Santo, que não é signatário de qualquer ação, acompanha todos os movimentos antes de tomar uma decisão definitiva. Ouça detalhes na análise do colunista Abdo Filho.

Vale aproveita ociosidade provocada por Brumadinho e moderniza Tubarão
Economia e Negócios

02/08/2022 - Vale aproveita ociosidade provocada por Brumadinho e moderniza Tubarão

Desde 25 de janeiro de 2019, dia do rompimento da barragem de Brumadinho, a produção de minério da Vale em Minas Gerais está afetada. Além da reconstrução que a mineradora está tocando nas áreas diretamente afetadas pelo desastre, uma série de medidas estão sendo adotadas em outros complexos da região para evitar novas tragédias. Este conjunto de ações reduz a produção nas minas e, claro, impacta a operação de Tubarão, em Vitória, onde estão as pelotizadoras e o porto. A companhia está aproveitando este período de ociosidade para modernizar o complexo portuário e industrial inaugurado em 1966. As duas pelotizadoras mais antigas, as usinas 1 e 2, vão se tornar as primeiras fábricas de briquetes (aglomerado de minério criado e patenteado pelo Vale) do mundo. Um investimento de US$ 182 milhões. Tema para Abdo Filho, nesta edição do "Economia e Negócios".

Reserva do Gerente amplia investimento e gigantes estão de olho
Economia e Negócios

26/07/2022 - Reserva do Gerente amplia investimento e gigantes estão de olho

Nesta edição do "Economia e Negócios", Abdo Filho traz como destaque a notícia de que a Reserva do Gerente, que começou sua história e fez sua marca fabricando cachaça em Guarapari, entrou forte na fabricação de cervejas artesanais e gim. A empresa está tocando um aporte de R$ 8,5 milhões, com recursos próprios, em sua linha de produção. Hoje, a capacidade é de 80 mil litros de chope/cerveja por mês. "Os produtos da fabricante capixaba já estão, além do Espírito Santo, em São Paulo, Rio e Minas. Aliás, um dos orgulhos do fundador da Reserva do Gerente, Ademar Belizário, é ser a cachaça mais vendida no Mercado Central de Belo Horizonte". Ouça a análise completa!

Fim do contrato da 101: Casagrande solicita reunião com ministro e ANTT
Economia e Negócios

19/07/2022 - Fim do contrato da 101: Casagrande solicita reunião com ministro e ANTT

Nesta edição do “Economia e Negócios”, Abdo Filho traz como destaque a informação que o governador Renato Casagrande solicitou uma reunião com o ministro da Infraestrutura, Marcelo Sampaio, e com o diretor-geral da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Rafael Rodrigues. A intenção é discutir o futuro da BR 101 após a decisão da Ecorodovias, concessionária responsável pela via desde 2013, de devolver o trecho que corta o Estado para o governo federal. O Palácio Anchieta aguarda retorno de Brasília. Ouça o comentário completo!

Em Vitória: modelo de 'cozinhas fantasmas' deve movimentar R$ 450 milhões em faturamento
Economia e Negócios

12/07/2022 - Em Vitória: modelo de 'cozinhas fantasmas' deve movimentar R$ 450 milhões em faturamento

Nesta edição do "Economia e Negócios", o comentarista Abdo Filho traz como destaque a informação de que Rogério Salume, fundador e sócio da Wine, está diversificando seus investimentos. São vários os novos negócios, mas entre os que ele deposita mais confiança está a ATW Delivery Brands, empresa que cria restaurantes digitais e é 100% focada no mercado de entregas. É o conceito dark kitchen (também conhecido como restaurante fantasma, é um estabelecimento que oferece apenas comida para viagem). A sede da empresa, que em 2022 deve faturar R$ 225 milhões, fica em Jucutuquara, Vitória. No ano que vem, a expectativa é faturar R$ 450 milhões. As opções de restaurantes vão de frango frito, passando por fast food até comida brasileira. As opções de mix de operações que podem funcionar na mesma cozinha são dadas pela ATW. Ouça a análise completa!

Tommasi fecha a compra do Laboratório São Marcos
Economia e Negócios

05/07/2022 - Tommasi fecha a compra do Laboratório São Marcos

O Grupo Tommasi fechou a compra do Laboratório São Marcos. A formalização do negócio foi feita nesta segunda-feira (04), mas sem divulgação dos valores do negócio. Trata-se da segunda aquisição relevante da família Tommasi em 2022 - no começo do ano, o Labortel, muito forte no município da Serra, foi adquirido. A aquisição representa um acréscimo de aproximadamente R$ 1 milhão de exames ao faturamento anual do Tommasi. O São Marcos, fundado em 1983 por Hortensio Mattos Júnior, tem uma presença importante no município de Vila Velha, com cinco unidades nos bairros mais ricos e também muito populosos da cidade - Itaparica, Centro e Praia da Costa. A transição, liderada por Bruno Tommasi e tocada por outros doze executivos do grupo, já está andando. Tema para Abdo Filho, nesta edição do "Economia e Negócios". Ouça a conversa completa!

Modelo de megaempreendimentos do Sesc no ES está com os dias contados
Economia e Negócios

28/06/2022 - Modelo de megaempreendimentos do Sesc no ES está com os dias contados

Idalberto Moro, eleito presidente do Sistema Fecomércio pelos próximos quatro anos, já decidiu que vai dar um freio nos grandiosos empreendimentos de turismo e lazer que fazem parte do histórico do Sesc no Espírito Santo. Não está entre os objetivos da nova administração a construção de novos complexos. O projeto de Santa Teresa, que ainda está em fase de aprovação por parte da prefeitura, passará por análise dos novos mandatários e uma readequação não está descartada. O esboço original prevê três prédios com 280 quartos, parque aquático, estacionamento para dois mil carros e centro convenções para 1,5 mil pessoas, em linha com a dimensão das demais unidades - Aracruz, Guarapari e Domingos Martins. Gutman Uchôa de Mendonça, que estava à frente do Sesc há décadas, deixou o posto no último dia 22. O ex-secretário estadual da Fazenda e ex-presidente do Banestes, Bruno Negris, assume a função. Idalberto Moro toma posse como presidente da Federação do Comércio do Espírito Santo nesta quarta-feira, dia 29, em cerimônia que será realizada no Teatro Glória. Ouça a análise do comentarista Abdo Filho.

Após compra, Fleury faz primeiros investimentos no Pretti e Bioclínico
Economia e Negócios

21/06/2022 - Após compra, Fleury faz primeiros investimentos no Pretti e Bioclínico

O grupo Fleury prepara a primeira rodada de investimentos nos laboratórios Pretti e Bioclínico desde que as empresas capixabas foram compradas pelo gigante de São Paulo. Ainda em 2022 serão colocados R$ 5 milhões na expansão no parque de análises clínicas e implantação de novas tecnologias. Em junho do ano passado, o Fleury anunciou a compra de todas as ações de Pretti e Bioclínico, dois dos maiores e mais tradicionais laboratórios de análises clínicas do Espírito Santo. Com o movimento, a companhia colocou os pés no Espírito Santo. O Pretti foi vendido por R$ 193,1 milhões e o Bioclínico por R$ 122 milhões. Ouça a análise do comentarista Abdo Filho.

Mudança de endereço: Arezzo vai para armazém gigante em Cariacica
Economia e Negócios

14/06/2022 - Mudança de endereço: Arezzo vai para armazém gigante em Cariacica

O Grupo Arezzo&Co, gigante do vestuário brasileiro, está de mudança em Cariacica. Inaugurado em 2016, o centro de distribuição da companhia, na Rodovia do Contorno, com algo próximo a 20 mil m2, ficou pequeno para o tamanho da empresa. Em agosto, a dona de marcas como Schutz, Anacapri e Vans, vai para um espaço mais amplo, de 80 mil m2, também no Contorno e no município de Cariacica. O investimento total estimado é de R$ 200 milhões, como conta o colunista Abdo Filho.

Cofril quer chegar a Rio, Minas e Bahia para dobrar de tamanho
Economia e Negócios

07/06/2022 - Cofril quer chegar a Rio, Minas e Bahia para dobrar de tamanho

Estreia! O jornalista Abdo Filho se junta ao time da Rádio CBN Vitória com o quadro "Economia e Negócios". Você vai conferir os bastidores e informações relevantes sobre a economia, negócios e o empreendedorismo no Espírito Santo. Nesta primeira edição, detalhes do plano do frigorífico capixaba Cofril de dobrar de tamanho. A intenção é se inserir nos mercados de Minas Gerais, Bahia e Rio de Janeiro. A expansão vai começar pelo território fluminense. Ouça!